-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Intercâmbio nos Estado Unidos

Intercâmbio nos Estado Unidos. Clique Aqui.

:: Últimas matérias desta coluna
O homem na praça ( 05/06/2017 - Jorge Azevedo )

Sentado, mergulhado em suas abstrações ele não viu quando Deus chegou tentando mostrar-lhe a existência de Deus.

 
Eu, você, nós ( 31/05/2017 - Jorge Azevedo )

Manhã fria, dia cinzento e eu pensando em como seria se ela estivesse aqui.

 
Desabrigo ( 27/05/2017 - Ana Fabyely Kams )

Mais um poema circunstancial escrito em virtude do que já não existe.

 
Fábrica de pirulitos ( 18/05/2017 - Jorge Azevedo )

Está faltando fabricas de pirulitos na infância de nossas crianças.

 
Sal ou mel ( 07/05/2017 - Jorge Azevedo )

Domingo é dia de refletir... Dia de arquitetar o mundo que queremos deixar para os nossos filhos e netos.

 
O viajante solitário ( 01/05/2017 - Osvaldo Heinze )

Sonhos, desejos, fantasias, enfim, o impalpável é tão surpreendente e etéreo que parece incapturável. Entretanto a literatura leva isto tudo de um indivíduo para outro através de uma ponte de palavras e o imaterial tem mais poder que a realidade...

 
Labirinto da felicidade ( 01/05/2017 - Osvaldo Heinze )

e porque eu estava cansado destas bandas me pus a ler me esquecendo daqui e tanto, que me perdi dentro da história. Por incrível que possa parecer ao fechar o livro fiquei preso lá dentro e aqui somente meu corpo continuou na mesmice desta realidade.

 
Folhas sem escolhas ( 01/05/2017 - Osvaldo Heinze )

...esses teus olhos que comem palavra após palavra, e que mesmo quando te distrais volta atrás para não perder uma só letra. E assim vais te alimentando de escritos, fazendo o real e o ilusório parte integral de ti. Então descobres mais vida.

 
A morte do prisioneiro ( 26/04/2017 - Jorge Azevedo )

Assim era no tempo que para ser preso e morto, basta estar livre e vivo...

 
Ensurdecedor grito do silêncio... ( 18/04/2017 - Jorge Azevedo )

Quando o silêncio grita ais alto que a voz pedindo justiça... Sai estridente o grito do silencio.

 
A obra poética ( 17/04/2017 - Luisa Lessa )

A leitura serena de ‘Tecido do Coração’ permitirá ao leitor crítico uma infinidade de inferências. A principal delas, que aprecio, é a íntima relação de caráter existente entre a história de vida da autora e a poesia que nos trouxe a lume. Aqui, a po

 
Finalidade de vida ( 15/04/2017 - Osvaldo Heinze )

Sonhos, desejos, fantasias, enfim, o impalpável é tão surpreendente e etéreo que parece incapturável. Entretanto a literatura leva isto tudo de um indivíduo para outro através de uma ponte de palavras e o imaterial tem mais poder que a realidade...

 
Adeus maledeta ( 15/04/2017 - Osvaldo Heinze )

e porque eu estava cansado destas bandas me pus a ler me esquecendo daqui e tanto, que me perdi dentro da história. Por incrível que possa parecer ao fechar o livro fiquei preso lá dentro e aqui somente meu corpo continuou na mesmice desta realidade.

 
Com todo o meu amor ( 15/04/2017 - Osvaldo Heinze )

...esses teus olhos que comem palavra após palavra, e que mesmo quando te distrais volta atrás para não perder uma só letra. E assim vais te alimentando de escritos, fazendo o real e o ilusório parte integral de ti. Então descobres mais vida.

 
Borras de café ( 13/04/2017 - Jorge Azevedo )

Naquele tempo não sujavam a toalha da mesa na hora do café, agora, após o café a toalha da mesa fica toda manchada.

 
Mãe, não me espere para jantar ( 05/04/2017 - Jorge Azevedo )

O ultimo dia e ele sabe. Como deve reagir a cabeça de alguém que sabe que aquele dia é o seu ultimo dia. Tudo o que faz nesse dia é a ultima vez?

 
Qual o Deus que lhe acompanha? ( 31/03/2017 - Jorge Azevedo )

As tantas faces de Deus.

 
Meu Céu ( 30/03/2017 - Osvaldo Heinze )

...esses teus olhos que comem palavra após palavra, e que mesmo quando te distrais volta atrás para não perder uma só letra. E assim vais te alimentando de escritos, fazendo o real e o ilusório parte integral de ti. Então descobres mais vida.

 
Morena doce ( 30/03/2017 - Osvaldo Heinze )

e porque eu estava cansado destas bandas me pus a ler me esquecendo daqui e tanto, que me perdi dentro da história. Por incrível que possa parecer ao fechar o livro fiquei preso lá dentro e aqui somente meu corpo continuou na mesmice desta realidade.

 
Prefiro ser teu ( 30/03/2017 - Osvaldo Heinze )

Sonhos, desejos, fantasias, enfim, o impalpável é tão surpreendente e etéreo que parece incapturável. Entretanto a literatura leva isto tudo de um indivíduo para outro através de uma ponte de palavras e o imaterial tem mais poder que a realidade...

 
Se o caçador não vai a montanha... ( 29/03/2017 - Jorge Azevedo )

O dia que a montanha saiu do seu pedestal e foi atrás do caçador.

 
O dia que Deus passeou comigo de mãos dadas ( 25/03/2017 - Jorge Azevedo )

E eu sou a semente que Deus fez germinar em seu jardim

 
Serei professor ( 12/03/2017 - Jorge Azevedo )

Este que a todos ensinam vive hoje querendo aprender a ser respeitado.

 
A lágrima e poça dágua ( 09/03/2017 - Jorge Azevedo )

Lembranças de quando havia uma poça dágua entre o netinho e a vovó.

 
Natureza enamorada ( 30/01/2017 - Luisa Lessa )

Se a lua cheia brilhar na noite, E perfumar teus sonhos e fantasias, E num gracejo abrasador, Insinuar momentos de nostalgias, É verdade, são as luzes dos olhos meus, Que não querem te dizer adeus...

 
Anterior 1 2 3 4 5 6 Próxima
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo