-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Esportes
 
Claudio Ferreira

[ Claudio Ferreira ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Repórter. Jornalista esportivo. Assessor de Imprensa.

 

Marta é a majestade que o futebol feminino queria

Um esporte se torna popularmente conhecido e praticado pela influência de grandes ídolos. Não é o único motivo, mas é o principal fator que faz um jovem se interessar pela modalidade até então desconhecida ou rejeitada. E Marta é a atleta que tem tudo para dar uma nova cara ao futebol feminino.

A meia-atacante ainda é muito jovem - completa 24 anos em 2010, mas já foi eleita quatro vezes a melhor jogadora do mundo pela FIFA, marcou mais de 200 gols na carreira e conquistou títulos importantes na Seleção Brasileira, na Suécia e no Santos FC. Em 2009, passou a atuar na principal liga de futebol feminino do mundo, a Norte-Americana, pelo Los Angeles Sol.

Também em 2009, Marta voltou aos gramados brasileiros e chamou a atenção de torcedores, atletas e mídia. Ela teve uma vitoriosa passagem por empréstimo pelo Santos FC, onde defendeu a mítica camisa 10 de uma outra majestade, o Rei Pelé. Na Baixada Santista já começam a surgir novas competições e escolinhas de futebol e futsal femininos.  A peneira das Sereias da Vila para 2010 já conta com mais de 800 garotas inscritas, de 23 estados, entre 16 e 14 anos, sonhando em ser a nova ‘Marta’.

Com a melhor do mundo em campo, os jogos de futebol feminino do Santos FC e da Seleção Brasileira foram transmitidos pela Rede Bandeirantes e alcançaram o segundo lugar no Ibope em horário nobre, obtendo índices maiores que as partidas masculinas televisionadas pela emissora paulista.

Além de ser a melhor no esporte mais popular do mundo, onde a modalidade feminina vem ganhando espaço, a camisa 10 da seleção brasileira tem uma característica pessoal importante para um ídolo e que já é nato da sua personalidade: muito carisma. Particularidade que faltou a atletas como o cavaleiro Rodrigo Pessoa e iatista Robert Scheidt, que mesmo sendo campeões mundiais várias vezes ainda não se tornaram ídolos nacionais.

O genial jogo de Marta, marcados por dribles e gols inacreditáveis, também traz um pouco de nostalgia. A plasticidade de como joga está conquistando alguns fãs saudosos que acreditam que o esporte bretão era melhor há 30 ou 40 anos. Pelas características físicas das mulheres, o futebol feminino tem menos força e é menos truncado que o masculino, mas tem basicamente a mesma técnica.

Outras grandes jogadoras brasileiras já fizeram sucesso antes de Marta, como Pretinha e Sissi, mas não tinham o mesmo nível e o mesmo carisma popular que a Rainha do futebol vem conquistando. Aliás, nenhuma outra jogadora no mundo chegou ao patamar dela, com exceção da norte-americana bicampeã do mundo e olímpica Mia Hamm.

O que ainda falta para Marta é um título de Olímpico e de Copa do Mundo, algo que já passou muito perto em três ocasiões. Porém, isso é uma questão de tempo, pois ela ainda terá outras 5 ou 6 oportunidades para isso. E a Seleção Brasileira está, há pelo menos uma década, entre as equipes mais fortes do mundo.

Por tudo que já conquistou com tão pouca idade, Marta pode ser considerada a melhor jogadora de futebol do mundo em todos os tempos. E pelo status que alcançou, ela vai levar o futebol feminino a outro patamar esportivo. Assim como Émerson Fittipaldi no automobilismo e Éder Jofre no Boxe brasileiro, a ‘coroa’ do futebol feminino no Brasil encontrou em Marta a Rainha que precisava para dar um chute para escanteio no preconceito que as mulheres ainda sofrem no esporte bretão.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Humilhação ( Esportes - Manoel Tupyara )

:: O Baianão do lepo lepo ( Esportes - Ruy Matos )

:: Não inventem culpados, por favor ! ( Esportes - Ruy Matos )

:: Os palavrões dos treinadores de futebol do Brasil ( Esportes - Ruy Matos )

:: Sinal vermelho para o Bahia ( Esportes - Ruy Matos )

:: As bobagens do comentarista Neto ( Esportes - Ruy Matos )

:: Contratos milionários e mentirosos do cotidiano ( Esportes - Ruy Matos )

:: Hora de reagir ( Esportes - Ruy Matos )

:: Ganhamos a Copa do Mundo de corrupção ( Esportes - Ruy Matos )

:: De olho na Copa e sem um pé na cozinha ( Esportes - Lecy Pereira )

:: Caso Fluminense e o Risco de Desmotivação do Torcedor ( Esportes - Elisabeth Camilo )

:: Mudaram o nome de estádio baiano ( Esportes - Ruy Matos )

:: Coreia do Sul escolhe Foz do Iguaçu para treinar na Copa ( Esportes - Bruno Zanette )

:: Não sejamos tão ingênuos ( Esportes - Ruy Matos )

:: Futebol virou caso de segurança pública ( Esportes - Bruno Zanette )

:: O Bahia depende somente dele ( Esportes - Ruy Matos )

:: Nunca saiu da SÉRIE C ( Esportes - Ruy Matos )

:: Definidas as 32 seleções da Copa do Mundo 2014 ( Esportes - Bruno Zanette )

:: XII Jogos Indígenas ( Esportes - Wallace Moura )

:: Foco no talento, ou no corpo? ( Esportes - Layana Brasil )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo