-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Crônicas e Poesias
 
Fabiana Cruz

[ Fabiana Cruz ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Em busca dos sonhos que nunca deixaram de existir em sua vida: desenvolver todos os projetos profissionais ligado à cultura

 

As regras da poesia

Fugir da norma culta
Erros ortográficos propositais
Frases de duplo sentido
Palavras de baixo calão
Sem deixar de registrar na poesia
A verdadeira intenção
Crítica e suas consequências
Ao ser humano a auto-reflexão

Com grande maestria
Usar, abusar, ousar e marcar
Com candência e beleza
Musicalidade
Rimas, sons com harmonia

Na definição estabelecida
Essas são as regras na poesia





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Livre como o pássaro em meu armário ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Vida, dignidade e esperança ( Crônicas e Poesias - Luisa Lessa )

:: Paixão ou Amor ( Crônicas e Poesias - Carla Elisio )

:: A brisa e eu ( Crônicas e Poesias - Luisa Lessa )

:: Um pouco de poesia ( Crônicas e Poesias - Elisabeth Camilo )

:: Só crianças choram ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Miragem/Imagem ( Crônicas e Poesias - Cláudia Banegas )

:: Bobo da corte ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Balas perdidas de açúcares ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Crepúsculo ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Um amor de Borboleta ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Uma banana para eliminar a fome ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: É Fevereiro, É Verão, É Carnaval ( Crônicas e Poesias - Magali Cunha )

:: AIGOLONCET (fim da humanidade) ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Dias sem poesia ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Dia nublado ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Com a pulga atrás da orelha ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Morte à segunda ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: O que fizeram de minha vida? ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Desejo de absoluto ( Crônicas e Poesias - Mauro Moura )