-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Entretenimento
 
Ana Paula Lisboa

[ Ana Paula Lisboa ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Estuda Comunicação Social, adora escrever e acredita na comunicação como formuladora de conceitos.

 

O que aconteceu com malhação?

Malhação começou em uma academia, como sugere o nome, abordando o judô, as artes marciais, depois o vôlei e o tênis, então a academia foi demolida e aí Malhação virou um programinha, e não uma novela, apresentado pelo Mocotó. Daí eis que surge Múltipla Escolha – o colégio que acompanharia longos anos da trama. Sempre tendo um casal protagonista de mocinhos e alguns vilões. E a cada ano, novos rostinhos bonitos apareciam para fazer sucesso e preencher os corações adolescentes com tramas e romances, às vezes, apimentados... Mas é claro, que para fazer pelo menos algum sentido, alguns atores tinham que se manter na passagem de uma temporada a outra para o público não se perder. Ou seja, mais cedo ou mais tarde, todos os personagens acabariam caindo fora de cena.

Alguns dos artistas, revelados em Malhação, cresceram na carreira e hoje fazem muito sucesso (com direito a novela das 8), mas outros, menos talentosos (ou com menos contatos, ou com menor disposição para fazer qualquer coisa pelo sucesso, ou menos bonitos... ) caíram em completo esquecimento (ou no máximo são garotos propaganda de marcas pequenas).

Muitas mães e pais proibiam os filhos de assistirem a novelinha por ser “cheia de indecência”. Mas quem disse que proibir resolve? Em muitos casos, talvez até a maioria, fez aumentar o gosto das crianças e adolescentes pela trama. Todos assistiam à Sessão da Tarde só esperando a Malhação, e o horário das 17h00 era sagrado. Com o tempo, a Globo deve ter percebido que muita criança assistia à novelinha (ou deve ter recebido reclamações de pais sobre o horário da novela vespertina e o seu conteúdo) e começou a tirar cada vez mais as cenas sexo e namoro do ar e extinguiu a academia da trama.

Os anos passaram, e mudava-se o cenário, ou o esporte da moda em cena (judô, skate, basquete, etc.), ou tema (corrupção, gravidez na adolescência, etc.) ou as novidade da temporada (formação de bandas – das quais a Vagabanda foi a mais marcante; inclusão de internato, lanchonete, participação de crianças, etc.). Durante alguns anos foi mantida a história de que o mocinho e a mocinha se conheciam e se apaixonavam no início da temporada, porém por causa dos vilões que queriam separá-los ou por outras questões, viviam com problemas e só conseguiam ficar juntos mesmo no fim da temporada. E no meio de tudo isso, os vilões costumavam fazer sabotagens para separar o casal ou incriminar um deles (que só conseguiria provar que é inocente no fim da temporada também). Apesar de acabar sendo meio repetitiva, a série teen agradava (mesmo com atores de mais de 25 anos interpretando garotinhos do colegial), e vários personagens se tornaram inesquecíveis até hoje.

Com o sucesso e o gosto da público ganhos, eis que de repente, as coisas começam a mudar demais, e pra pior... A começar que a temporada do “Múltipla Escolha – Ernesto Ribeiro” (da Angelina e do Gustavo) já não foi das melhores, mas havia bons personagens como a Débora (super vilã, arquiinimiga da mocinha), a Yasmim (“oh fubazada; Jesus me chicoteie”), e a Domingas (que seria um personagem mais legal se não fosse tão exagerado). Mas estava até legal, até esse ponto. Quando veio a temporada seguinte (da Marina e do Luciano) que incluiu um Shopping no roteiro: temporada sofrível. A novela só piorou e saiu das graças do povo.

 E pra deixar o nível da coisa ruim no submundo, o Múltipla Escolha foi fechado, surgiu o Colégio Nova Opção e a novela virou Malhação ID (Identidade – mas pra que diabos, esse identidade depois do nome ninguém nunca entendeu...). Já assistiu a algum episódio atual? Ô coisinha chata, irritante e mais falsa do que o habitual e suportável. E as atuações? Como será que foram os testes pra contratar os atores? “Ah! Você é bonitinho, tá dentro! Ah você é feinho, tá dentro também!”. E o roteiro? Medíocre. E uma coisa há que se notar: em todas as Malhações, as falas sempre foram porcas. Até parece que os adolescentes do colegial iam falar

Malhação é uma futilidade, mas era uma futilidade com um pouquinho de encanto até alguns anos atrás. Era um passatempo a que todos estavam acostumados e agradava até certo ponto. Mas agora? A graça acabou, a magia teen teve fim e a fórmula do sucesso de tantos anos se perdeu. E uma vez a coisa desandada não tem mais volta: por mais que a Globo implante novidade em cima de novidade a cada ano, Malhação agora é ruim (ou muito pior do que era).

Esse é um adeus definitivo de uma fiel fã de Malhação. A novelinha que me encantava, em nome ainda está no ar, mas a Malhação da minha infância e adolescência já acabou. Adeus a Malhação que fazia meninos e meninas adoradores do mesmo programa. Uma despedida da novela das nossas memórias e paixões.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Aprendendo a ouvir ( Entretenimento - Eduardo Raia )

:: Ariano Vilar Suassuna ( Entretenimento - Farid Houssein )

:: Ela (Her) - filme de Spike Jonze, uma crônica sobre ( Entretenimento - Cristiana Passinato )

:: Mary Poppins, a verdadeira... A história real. ( Entretenimento - Cristiana Passinato )

:: Philomena ( Entretenimento - Cristiana Passinato )

:: Carnaval, Lepo Lepo e a cultura lixo ( Entretenimento - Mizael Souza )

:: A política e a cultura: A Rádio MEC ameaçada. ( Entretenimento - Roberto Bastos )

:: Resenha do Filme: 12 Anos de Escravidão ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: TNT transmite ao vivo as indicações ao OSCAR® 2014 ( Entretenimento - Vera Tabach )

:: Morre Nelson Ned, após problemas de saúde e financeiros ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: A Série 24 Horas estará de volta com uma nova temporada ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: B.Léza e o Dia da Morna ( Entretenimento - Mauro Moura )

:: As crianças e seus brinquedos ( Entretenimento - Tom Coelho )

:: Vídeoclip produzido no RN tem qualidade internacional ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: Stand Up Comedy ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Circuito Cultural Ribeira - Natal RN ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Mister Brasil 2013 ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Flor do Natal ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Festival da mentira ( Entretenimento - Nylton Batista )

:: Lições práticas da novela Avenida Brasil ( Entretenimento - Linaldo Lima )