-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Terceira Idade
 
Fabiana Cruz

[ Fabiana Cruz ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Em busca dos sonhos que nunca deixaram de existir em sua vida: desenvolver todos os projetos profissionais ligado à cultura

 

Comportamento Humano

Como a maioria dos seres humanos são hipócritas e individualistas. Sabem enxergar e criticar os erros dos outros e não procuram corrigir os seus.

É do conhecimento de todos que existe assentos que são reservados aos idosos, gestantes e deficientes físicos nos coletivos, e quem estiver ocupando, que não se enquadra nessas categorias tem por direito e dever de ceder o lugar.

Ao observar uma cena dentro do ônibus, fiquei analisando aquela situação. Na segunda fileira exclusiva a prioridades, havia uma mulher, jovem, levando no colo uma criança de aproximadamente 3 anos do sexo feminino, ocupando um dos assentos reservados.

Observação; o ônibus estava lotado de passageiros, e todos os outros assentos que são reservados a prioridades, ocupados por idosos.

Seguindo viagem, em uma das paradas, adentrou na condução um senhor de idade, que ao ver a moça instalada no lugar reservado, agiu de forma deselegante, tratando-a com agressividade verbal. E o pior, outro passageiro, jovem, que encontrava-se na terceira fileira, e que podia muito bem ceder o assento para o idoso (lembrando que a mulher estava com uma criança nos braços), declamou uma lição de moral a essa mulher.

Pergunto; cego, ele não era, pois soube enxergar a mulher a sua frente, deficiente também não, pois isso era notório e eu estava observando-o. Agora quero uma resposta; Porque este passageiro jovem não se levantou, cedendo o lugar para o idoso?

"O macaco não olha para o rabo", "Pimenta no do outro é refresco". Bem diz esses ditados populares.

Não estou sendo contra, ao contrário sou a favor e respeito o direito do idoso, pois um dia serei uma idosa, assim espero. Existe o estatuto do idoso, existe a lei para os coletivos, mas também existe casos e casos, o bom senso. Não podemos esquecer que no Estatuto da Criança e Adolescente consta os seus direitos, a criança tem as suas prioridades assim como os idosos e deficientes.

Pela logica, o idoso já viveu, já passou por situações e possui experiências. A criança é um ser indefeso, ainda está em desenvolvimento, tem muitos anos de vida pela frente, e é o "futuro do amanhã". Essa é a minha opinião. Se essa mulher cede o lugar, deixando a criança em pé, desprotegida, e de repente acontece do ônibus dar uma freada brusca, a criança poderia se machucar, e o pior, ter até a sua vida interrompida, não é verdade?





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Importância da dança na vida do idoso ( Terceira Idade - Luisa Lessa )

:: A caminhada do envelhecer... ( Terceira Idade - Abilio Machado )

:: Peso morto ( Terceira Idade - Nylton Batista )

:: Educação e Terceira Idade ( Terceira Idade - Isabel Vargas )

:: Escondidos ( Terceira Idade - Isabel Vargas )

:: Para envelhecer lindamente exige-se sabedoria ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Viúvas, alvo da Previdência ( Terceira Idade - Nylton Batista )

:: Sabedoria ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Netos velhos e avós jovens ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: O idoso e a visão oriental da saúde ( Terceira Idade - Márcia Vizentini )

:: Comportamento Humano ( Terceira Idade - Fabiana Cruz )

:: A Descoberta ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Regalias na terceira idade: É justo? ( Terceira Idade - Jorge Azevedo )

:: A idade certa para amar ( Terceira Idade - Jorge Azevedo )

:: Idosos internautas ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Idosos e Asilos.......Que Saudade Vovó! ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Baile da Melhor Idade ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Liberdade para envelhecer ( Terceira Idade - Nylton Batista )

:: A melhor Idade ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Aposentados, heróis nacionais ( Terceira Idade - Nylton Batista )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo