-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Internacional
 
Bruno Zanette

[ Bruno Zanette ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Estudante de jornalismo

 

Hugo Chávez e seu socialismo do século 21

Uma barbaridade. Um ato grotesco contra a liberdade de expressão. Essas são apenas algumas características que descrevem algo inadmissível, feito pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, para quem trabalha com comunicação social: o ato de não poder se expressar. À meia-noite do último domingo (27/05) foi extinto o sinal de um dos canais de televisão mais antigos da América Latina, RCTV. O presidente Hugo Chávez a considera o fim de uma ditadura na mídia, enquanto que o proprietário do canal a entende como o início do totalitarismo na Venezuela.

"Estamos apenas acabando com a concessão que há mais de meio século foi dada a uma família muito rica", disse Chávez, destacando que à meia-noite de domingo "a Venezuela alcançou a liberdade de expressão porque o país se libertou da ditadura do meio televisivo". O presidente anunciou em dezembro, depois da reeleição, que não renovaria a concessão da RCTV, prevista para terminar em 27 de maio. Único opositor ao governo na televisão aberta, o canal tem alcance nacional e registra as maiores audiências por suas telenovelas, programas humorísticos e de variedades. O diretor-geral da RCTV, Marcel Granier disse que "a Venezuela entrou em uma etapa de totalitarismo, de abuso, de atropelo e de arbitrariedade". "Passaremos de um regime centralizador e autoritário a um regime totalitário", enfatizou.

A iniciativa desencadeou inúmeros protestos na Venezuela, além de críticas no exterior. O governo começou a responder às acusações, em um movimento que Chávez considera "uma das primeiras batalhas" de seu novo mandato (2007-2013). O que o presidente venezuelano não sabe é que a liberdade de expressão é um conceito básico e fundamental para qualquer sociedade tolerante, pluralista e aberta. Ele ainda tem a capacidade de dizer que faz parte do seu "socialismo do século 21"! Isso não passa de um projeto autoritário, demagógico e retrógrado. Chávez se faz de vítima, quando na verdade não passa do agressor. Aprendi e estou aprendendo na faculdade de jornalismo que os princípios têm de ser universais e têm que valer em qualquer lugar.

De nada valeram os protestos feitos pelos venezuelanos de tentarem impedir o cancelamento da concessão da RCTV, que venceu em 2007. Prova de que em um país que se diz democrático, não dá o direito de resposta a quem merece. Espanto-me ainda como essas pessoas podem votar em um candidato que há pouco tempo deu a idéia de fazer a tal da "reeleição contínua"! Sinal de que não é apenas no Brasil que o povo ainda não aprendeu a eleger seus políticos corretamente. Isso pode se tornar um sério problema para a nossa liberdade de expressão, que ultimamente já está bastante abalada.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: A Propriedade Privada Intelectual e a Crise do Sistema Capitalista ( Internacional - Diego Grossi )

:: What to fight for? ( Internacional - Ana Paula Lisboa )

:: A morte de Kadafi foi o auge da Revolução Árabe? ( Internacional - Diego Grossi )

:: Sem Kadafi, o mundo fica melhor? ( Internacional - Jorge Azevedo )

:: Cadê honduras? ( Internacional - Nylton Batista )

:: 10 anos do 11 de setembro ( Internacional - Mauro Souza )

:: Tecnologia militar e soberania política: O exemplo da Líbia ( Internacional - Diego Grossi )

:: O direito de Gadhafi de governar ( Internacional - Sivaldo Venerando )

:: AAA/AA+ ( Internacional - Mario Villas Boas )

:: Xenofobia e humanidade não combinam ( Internacional - Paiva Netto )

:: Capitão América. ( Internacional - Isis Nogueira )

:: Pax Sinica ( Internacional - Mario Villas Boas )

:: O que a comunicação social não fala sobre Kaddafi. ( Internacional - Isis Nogueira )

:: Bin Laden Merecia Viver! ( Internacional - Jurandir Araguaia )

:: Osama Bin Laden, morto ou vivo? ( Internacional - Liana Herculano )

:: Será que Bin Laden morreu mesmo? ( Internacional - Jorge Azevedo )

:: O primeiro abril – a Revolução ( Internacional - Mauro Moura )

:: Muçulmana responde à questões polêmicas ( Internacional - Isis Nogueira )

:: Um Ato Trágico e Criminoso ( Internacional - José Ednaldo )

:: Um bom Exemplo ( Internacional - Mario Villas Boas )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo