-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Meio Ambiente
 
Ana Paula Lisboa

[ Ana Paula Lisboa ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Estuda Comunicação Social, adora escrever e acredita na comunicação como formuladora de conceitos.

 

A casa de todos nós

Crescimento desenfreado dos centros urbanos, emissão de gases poluentes pelos carros e fábricas, despejo de esgoto e lixo em rios, lagos e mares, desmatamento de áreas florestais para pasto ou plantações, caça de animais para retirada de pele... São muitos os impactos que a população humana já causou a natureza. Todo esse processo foi acentuado na era das Revoluções Industriais e não parou até hoje.

De acordo com a International Union for Conservation of Nature (IUCN) ou União Internacional pela Conservação da Natureza, existem 55.906 espécies de animais, plantas, fungos e protistas ameaçados de extinção. Desses, 42.992 são do reino animal e 1.705 são árvores.

As florestas ocupam 30% da área do planeta e abrigam 80% da biodiversidade terrestre. Interações entre plantas e animais e o habitat são importantes para a vida humana: polinização, proveniência de água, fontes para remédios e outros itens provém desse ambiente. Mas, mesmo assim, a devastação que atinge florestas é alta. As dez mais devastadas do mundo já tiveram pelo menos 90% de sua cobertura original destruída e abrigam pelo menos 1.500 espécies de plantas que só existem naquela área.

A superfície do planeta é composta majoritariamente por água (75%). O problema é que a maior parte dela é salgada (97,62%) e, logo, imprópria para consumo humano. A água doce se concentra no lençol freático, nos lagos, nos rios, nas calotas polares e geleiras e em vapor na atmosfera. E nem tudo do que resta é potável. A água que podemos beber tem um ciclo natural para se manter e se renovar, mas, ainda assim, tem reservas limitadas. Há previsão de colapso dessas reservas em vários países. A quantidade de água no planeta permanece constante, mas a quantia de água potável tem sido reduzida por causa da poluição de suas fontes naturais.


 

Para pensar

Agora pare um pouco e pense: Você não jogaria lixo no chão da sua sala, jogaria? Você despejaria esgoto na água com que vai tomar banho, cozinhar e se hidratar? Destruiria o jardim do quintal da sua casa que cultivou com tanto trabalho? Você retiraria a pele do seu gato ou cachorro para fazer um casaco? Você pegaria toda a água que tem e jogaria pelo ralo? É improvável. Se você não faria isso no lugar onde você mora, porque fazer isso no planeta Terra que é o grande lar de todos nós?

A complexidade da natureza possibilita todo tipo de vida.  Ao destruir a natureza estaremos, mais cedo ou mais tarde, destruindo a nós mesmos. Assim como fazemos faxina, organizamos e zelamos de nossa casa ou apartamento, cada indivíduo é responsável por fazer do mundo um lugar preservado, limpo e habitável.



Março é um mês de muitas datas comemorativas e algumas, em especial, devem ser lembradas pela relação com a preservação do meio ambiente. 1 é o Dia do Turismo Ecológico, 9 é o Dia da Árvore, 14 é o Dia dos Animais, 21 é o Dia Mundial das Florestas, e 22 é o Dia Mundial da Água. E, além disso, 2011 é o Ano Internacional das Florestas.

O progresso urbano, industrial e tecnológico pode sim caminhar junto com a preservação do meio ambiente. Dificilmente, o egoísmo de alguém o faria desejar que seus netos, bisnetos ou tataranetos não conheçam animais, plantas e florestas que serão extintos, ou que eles não tenham acesso a água limpa para beber... Por isso, todos devem colaborar. O poder de salvar o planeta está, sim, nas mãos de cada pessoa. É importante tornar a preservação do meio ambiente um hábito saudável e constante. 


Para acessar

Com o intuito de expandir as reflexões e discussões em torno da preservação da água, a Agência Nacional de Águas (ANA) lançou a quinta edição do hotsite Águas de Março:
http://aguasdemarco.ana.gov.br/2011.

O tema deste ano é desafio da gestão da água para as cidades.


Para assistir

 O filme Uma verdade inconveniente produzido por Al Gore, ex-vice presidente dos Estados Unidos da America, é de 2006 e ajudou a colocar o problema do aquecimento global na mídia. Essa produção garantiu ao produtor Oscar de Melhor Documentário e prêmio de Nobel da Paz, em conjunto com cientistas do Intergovernmental Panel on Climate Change ou Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

 


Para ler

 O livro 50 lugares inesquecíveis de ecoturismo, de Paulo Basso Junior, foi lançado em 2010 e traz uma coleção de fotos e textos sobre diversos lugares do mundo ideais para curtir a natureza. Está a venda em várias livrarias do país.

O turismo ecológico ou ecoturismo é focado na apreciação de ecossistemas em estado original (fauna, flora e população nativa intactos). É uma alternativa de lazer que pode despertar a conscientização da população sobre a importância de preservar o meio ambiente.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Passeio nas nuvens ( Meio Ambiente - Mauro Moura )

:: Dia Universal da Água – 22/03 ( Meio Ambiente - Cristiana Passinato )

:: Escola Fisk inova ao converter material didático físico para ambiente virtual ( Meio Ambiente - Isis Nogueira )

:: Educação e Sustentabilidade ( Meio Ambiente - Antonio Carlos )

:: Ajude na preservação do meio ambiente ( Meio Ambiente - Sônia Jordão )

:: O Desequilíbrio Ambiental ( Meio Ambiente - Fabiana Barros )

:: O Período Quente Medieval ( Meio Ambiente - Mario Villas Boas )

:: Tietê, que te quero limpo ( Meio Ambiente - Pedro Cardoso )

:: Dá-me um copo d’agua, eu tenho sede ( Meio Ambiente - Mauro Moura )

:: Mudanças climáticas, breves comentários ( Meio Ambiente - Jorge Hessen )

:: Água: a matéria-prima para o consumismo capitalista ( Meio Ambiente - Igor Matos )

:: Acidente Ambiental em São José de Mipibu ( Meio Ambiente - Wallace Moura )

:: Haja saco! ( Meio Ambiente - Mauro Moura )

:: Desejo e Fome ( Meio Ambiente - Débora Paiva )

:: Derrame de petróleo Tristão da Cunha ( Meio Ambiente - Renan Alves )

:: Solidariedade ao Planeta Terra ( Meio Ambiente - Farid Houssein )

:: A vida de antigamente e o lixo ( Meio Ambiente - Sílvia Sena )

:: A casa de todos nós ( Meio Ambiente - Ana Paula Lisboa )

:: Herança Maldita - Usinas Nucleares ( Meio Ambiente - Mario Villas Boas )

:: Extinção em massa ( Meio Ambiente - Lecy Pereira )