-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Informática
 
Luciano Andrade

[ Luciano Andrade ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Locutor. Estudante de Publicidade e Propaganda, Escrevendo um livro de poesias.

 

Programar a mídia ou virar escravo dela

Programar a mídia deveria ser o primeiro passo para entrar em um mundo cheio de possibilidades, caminhos e portas de entrada. O mundo virtual nos dá acessibilidade para estar em vários lugares, visitar museus, conhecer culturas de diferentes povos e adquirir conhecimento geral. Essa globalização da informação permite que nos tornemos multifacetados no que diz respeito à conexão, estamos sempre conectados a uma rede virtual, seja para trabalho ou nos relacionamentos pessoais.

O avanço da tecnologia fez com que nós mudássemos nosso comportamento e passássemos a fazer parte de um mundo digitalizado, permitindo assim que nosso cotidiano seja dinâmico ao trocar informações, mudando radicalmente a maneira de se comunicar. A interatividade beneficia a troca de informação entre as pessoas, porém vale ressaltar que esse mundo não substitui a relação humana, como o olhar, a presença, o toque, o abraço.

Sabemos que a linha entre o real e o virtual pode se tornar tênue quando invadimos este espaço e não sabemos deixá-lo para voltar à vida normal. Sabemos ainda que nos dias de hoje fica difícil não viver o mundo virtual, mas como viver em um mundo ao mesmo tempo fantástico e perigoso, mas sem limites?

Deveríamos, logo no primeiro contato com o espaço virtual, saber que essa forma ilimitada de conhecer o mundo pode gerar conflitos, nos relacionamentos, no trabalho e no dia a dia, fazendo-nos trocar um mundo palpável por um abstrato, mesmo sabendo que alguns elementos desse mundo existem. Quando pinçamos somente as informações que nos interessam, na verdade estamos colocando limites nessa convivência com os espaços virtuais, fazendo com que a tecnologia se adapte ao nosso cotidiano, aos nossos afazeres, e não o contrário, quando nos deixamos dominar e vivemos sob uma espécie de escravização midiática. Devemos sempre buscar o meio termo para não nos tornarmos escravos da mídia.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Estado de graça ( Informática - Lecy Pereira )

:: Expansão das lojas virtuais ( Informática - Isis Nogueira )

:: Internet dependência ( Informática - Jorge Hessen )

:: Arrogância internética ( Informática - Patrícia Cozer )

:: A Internet e a fábrica de apedeutas ( Informática - Luiz Phelipe )

:: Corrente do bem ( Informática - Pedro Cardoso )

:: A praga das redes sociais - parte III ( Informática - Patrícia Cozer )

:: Quando não tínhamos mídias sociais ( Informática - Ana Paula Lisboa )

:: Orkut ou Facebook? Por trás dos mitos ( Informática - Diego Grossi )

:: A praga das redes sociais - parte II ( Informática - Patrícia Cozer )

:: A praga das redes sociais ( Informática - Patrícia Cozer )

:: Lições do FISL 2011 ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Lançado Linux Fedora 15 ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Redes sociais e cia ( Informática - Sivaldo Venerando )

:: LibreOffice Para Leigos ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Advicemee, a rede social criada por alunos da UnB ( Informática - Ana Paula Lisboa )

:: O declínio do Orkut ( Informática - Jéssica Cavalcante )

:: A internet como fenômeno de globalização e de solidão ( Informática - Luisa Lessa )

:: Em qu@l mundo você vive? ( Informática - Rocheli Camargo )

:: Mil e uma utilidades da internet ( Informática - Pedro Cardoso )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo