-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Sexo
 
Carlo Dionei

[ Carlo Dionei ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Analista de Planejamento e Custos. Voluntário no movimento ONDA (Objetivos Novos do Apostolado)

 

O homossexualismo não pode ser natural

O ser humano é a única espécie do planeta dotada de consciência, ou seja, não age simplesmente por instintos, tem a capacidade de julgar o que é certo ou errado e a liberdade para efetuar esta escolha. Porém o conformismo moderno vem transformando culturalmente a sociedade e a submetendo a aceitar algumas situações que contrariam diretamente a ordem natural do comportamento sexual das pessoas.

A sexualidade existente nos seres vivos cumpre a importante missão de garantir a perpetuidade das espécies, dispondo para esta finalidade de órgãos dinamicamente perfeitos e com funções muito bem definidas na estrutura corporal de cada uma das partes envolvidas, tendo como mais nobre e específica atribuição a efetiva procriação.

Na constante luta pela liberdade de cada indivíduo expressar seus sentimentos e atitudes, desprendendo-se de preconceitos, a sociedade em geral está passando por um processo equivocado de aceitação de comportamento contrário a sua própria natureza.

Devemos respeitar as pessoas e suas escolhas, mas precisamos deixar claro que este tipo de comportamento é contrário aos propósitos naturais da estrutura do organismo.

Ao invés disto somos diariamente bombardeados com novelas e notícias incentivando tais práticas. São inúmeras as organizações e personalidades apoiando estes relacionamentos entre pessoas de mesmo sexo.

O excesso de estímulos e a aceitação natural destes comportamentos acabam por incentivar a desorientação sexual de indivíduos que clinicamente não teriam motivos para isso, ou seja, o modismo pode vir a influenciar um comportamento equivocado desnecessário.

O que precisa ficar claro, é que não será através de alterações culturais ou de legislação específica que a natureza de toda uma espécie será modificada. A natureza é perfeita e inalterável neste aspecto, a única coisa passível de mudança é o comportamento das pessoas.

Cabe também a reflexão, inclusive aos homossexuais, sobre o futuro da humanidade. Considerando a infecundidade destes relacionamentos, toda sua descendência morre junto com eles. Em contrapartida as futuras gerações de famílias concebidas da união entre homem e mulher terão seus filhos sujeitos a este tipo de comportamento, uma vez que a sociedade considerar esta conduta normal.

Precisamos sim, por questões morais e de bom senso, desestimular este tipo de opção sexual, afinal até os homossexuais necessitaram que um homem e uma mulher cumprissem seu papel na perpetuação das espécies, para estarem aqui. Portanto como aceitar com normalidade um modelo completamente diferente daquele que nos trouxe a vida?

Estamos apenas nos preocupando em adotar posturas modernas em relação aos rumos que a humanidade tem tomado, geralmente em resposta a um suposto extremismo religioso ultrapassado e esquecendo de avaliar sob o ponto de vista da estrutura natural dos seres vivos e da função que cada um ocupa neste planeta.

Aliás é praticamente impossível ter opinião contrária ao homossexualismo sem ser considerado antiquado ou preconceituoso, pois esta rotulagem já está pré-estabelecida pela sociedade em geral, sob alegação de  que cada um é livre para fazer o que bem entender.

Precisamos de pessoas com coragem para declarar abertamente que relacionamentos homossexuais não são naturais. Não precisamos de novos formatos inovadores para famílias, precisamos da restauração das famílias com papéis muito bem definidos para o homem como pai e para a mulher como mãe.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Produtos eróticos para evangélicos ( Sexo - Wallace Moura )

:: Ninguém falou em Cura Gay ( Sexo - Gizelle Saraiva )

:: Ejaculação precoce ( Sexo - Abilio Machado )

:: Homossexual não precisa ser gay ( Sexo - Jorge Azevedo )

:: Quando essa agressão acontece: Abuso sexual infantil? ( Sexo - Abilio Machado )

:: Ejaculação precoce... Que mal seria esse? ( Sexo - Abilio Machado )

:: Masturba_ação... ( Sexo - Abilio Machado )

:: Marília Gabriela e Alexandre Frota ( Sexo - Luisa Lessa )

:: O homossexualismo não pode ser natural ( Sexo - Carlo Dionei )

:: Sexualiade ( Sexo - Abilio Machado )

:: Confessando que é lésbica pra mãe ( Sexo - Juliana Ladeira )

:: Fantasias sexuais ( Sexo - Ana Paula Lisboa )

:: As travestis e algumas histórias... (pesquisa acadêmica) ( Sexo - Abilio Machado )

:: O comportamento sexual de risco ante o fantasma da aids ( Sexo - Jorge Hessen )

:: Trair ou nao trair...eis a questão ( Sexo - Sílvia Sena )

:: Chega de gravidez precoce ( Sexo - Pedro Cardoso )

:: Feia e sex! Linda e... sem graça! ( Sexo - Sílvia Sena )

:: Pedófilo não tem cara ( Sexo - Pedro Cardoso )

:: Poesia baiana em Sampa ( Sexo - Valdeck de Jesus )

:: Foi bom pra você??? - AIDS ( Sexo - Sílvia Sena )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo