-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Informática
 
Rocheli Camargo

[ Rocheli Camargo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Estudante de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo.

 

Em qu@l mundo você vive?

A vida normal está sendo abreviada. Tamanha é a influência do internetês, que sintetiza nosso modo de viver. Tudo se resume a um clique. O real e o virtual se fundem na era web 2.0 que nos brinda com um mundo paralelo, repleto de redes. As redes sociais.

Por meio de computadores, plugados ou não à energia elétrica, elas crescem à velocidade da luz. Hoje, existem mais mídias sociais do que países. Só para citar algumas, Orkut, Twitter, YouTube fazem parte da vida de 50 milhões de brasileiros. Num comparativo, o Facebook seria atualmente a quarta maior nação da Terra.

O que se busca nestes mundos virtuais? Obviamente, o que não se encontra no mundo real. Nos remotos anos 1990, certa música falava sobre ter um milhão de amigos... Coisa absolutamente possível no século XXI graças aos meios digitais, exclusividade do “Planeta Net”.

É indiscutível a agilidade da geração Y no que se refere a relacionamento online. Faz-se amizade com gente de qualquer país, idade, formação, estado civil, num piscar de olhos. Amigos que não é preciso tocar, tampouco conhecer pessoalmente, basta o toque do teclado.

É o chamado teclar, que se popularizou com as duas letras: tc. Conversas virtuais se tornaram hábito, mesmo com nossos vizinhos de porta. Nos sites de relacionamento, somos amigos de quem esbarramos com pressa na rua e sequer cumprimentamos. A tecnologia está aí para facilitar a troca de informações e acelerar essa mudança de comportamento.

O Japão até está desenvolvendo um celular que facilitará a interação física. Será assim: quando duas pessoas de mesmo perfil se aproximarem em algum lugar específico, os celulares vibrarão. Mas estar próximo ou distante, há tempos, deixou de ser barreira para a comunicação.

A vida que se chamava normal, agora é utopia. Não se pode mais perder tempo em conversar com uma única pessoa no parque, por exemplo, se você pode conversar com várias em um chat, e de casa! Em meio a tantos contatos, será que alguém ainda lembra que amizade real é aquela que só se conquista com o corpo presente, olhando no olho, sem ser pela webcam?

Já não precisamos abrir a janela para saber se sol. Já nem tomamos mais sol. Temos um mundo virtual a disposição. Ele nos possibilita fazer pesquisas, compras, passeios, trocar a roupa do nosso avatar e fazê-lo dançar.

Este mundo é imenso, atraente, com uma infinidade de www’s a serem descobertos. Este mundo nos deixa informado sobre o que acontece naquele outro mundo, que está lá fora a nossa espera, enquanto estamos conectados.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Estado de graça ( Informática - Lecy Pereira )

:: Expansão das lojas virtuais ( Informática - Isis Nogueira )

:: Internet dependência ( Informática - Jorge Hessen )

:: Arrogância internética ( Informática - Patrícia Cozer )

:: A Internet e a fábrica de apedeutas ( Informática - Luiz Phelipe )

:: Corrente do bem ( Informática - Pedro Cardoso )

:: A praga das redes sociais - parte III ( Informática - Patrícia Cozer )

:: Quando não tínhamos mídias sociais ( Informática - Ana Paula Lisboa )

:: Orkut ou Facebook? Por trás dos mitos ( Informática - Diego Grossi )

:: A praga das redes sociais - parte II ( Informática - Patrícia Cozer )

:: A praga das redes sociais ( Informática - Patrícia Cozer )

:: Lições do FISL 2011 ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Lançado Linux Fedora 15 ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Redes sociais e cia ( Informática - Sivaldo Venerando )

:: LibreOffice Para Leigos ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Advicemee, a rede social criada por alunos da UnB ( Informática - Ana Paula Lisboa )

:: O declínio do Orkut ( Informática - Jéssica Cavalcante )

:: A internet como fenômeno de globalização e de solidão ( Informática - Luisa Lessa )

:: Em qu@l mundo você vive? ( Informática - Rocheli Camargo )

:: Mil e uma utilidades da internet ( Informática - Pedro Cardoso )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo