-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Pais e Filhos
 
Roberto Bastos

[ Roberto Bastos ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Historiador, professor de História, monarquista, budista, ex-músico e eterno estudante de artes marciais.

 

Maldita revolução sexual!!!

bonequinha tapando os olhos

No domingo do dia 23 de março de 2009 foi apresentado, no programa Domingo Espetacular da rede Record, um quadro sobre um escândalo no Rio Grande do Sul, em uma cidade do interior, ao qual uma criança filmou uma menina de 11 anos transando com o namorado de 14 anos e colocou na internet. A repercussão foi impactante e chocou quem assistiu, pois cada vez mais as crianças estão se sexualizando. A culpa dessa podridão moral toda, estão nas garras sujas daqueles que apoiaram e realizaram a liberação sexual, com o discurso de liberdade trouxeram promiscuidades e, em consequência, doenças venéreas, ou como os mais moderninhos dizem, DST (doença sexualmente transmissível).

A liberação sexual não trouxe nenhuma liberdade, muitas pessoas se iludiram nas décadas de 1960 e 1970 e depois de se darem conta do erro cometido, assumiram a culpa e afirmaram: “a revolução sexual não deu a liberdade que queríamos, apenas nos encheu de doenças venéreas e servimos de cobaias para os anticoncepcionais”.

Atualmente, crianças estão imitando os adultos em seus atos sexuais, por incentivo da mídia, colegas da rua e pais, isso mesmo pais, que acham normal e bonito os filhos/filhas copularem em tão jovem idade. O mais triste é que a idade mental é a mesma e os adultos querem viver uma infantilidade que já se passou e não voltará mais. Em uma pequena síntese, segundo uma antiga piada da revista MAD: “Quando os adultos agem como crianças, eles são infantis, mas quando as crianças agem como adultos, daí eles são delinquentes juvenis”.  Os culpados são os senhores juristas, psicólogos, feministas e movimento juvenil por essa decadência moral. Vocês querem liberdade, mas levaram a sociedade a anarquia e a barbárie. Retiraram os ritos de passagem, que transformavam meninos em homens e meninas em mulheres, mas sem pular as etapas de suas vidas, vocês a retiraram por acreditarem que era obscurantismo supersticioso, assim como querem retirar as responsabilidades das crianças.  A verdade, como diria o Dr. Armindo Abreu em seu Decálogo da agenda Globalizante: 8…estimulação da sexualidade recreativa… Ou seja, nossos jovens estão sendo levados a uma sexualidade precoce, como diria o Prof. Olavo de Carvalho: “excesso de sexo emburrece a pessoa”, em outras palavras estamos nos tornando testicocéfalos e vaginocéfalas.

mulheres dialogando por telefone sobre sexo

Em uma entrevista dada pela Elke Maravilha à apresentadora Xuxa Meneguel ela afirmava que : “A revolução sexual foi prejudicial para o Brasil pois aqui já se dava mais do que chuchu na serra”. E é verdade o que ela disse, o que se faz necessário é incentivarmos a abstinência sexual juvenil, para que possamos criar uma sociedade saudável.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Videogames: a consolidação do hedonismo. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: E quando os filhos crescem o que a mãe faz ? ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Quando a perda alheia nos modifica ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Maldita Revolução Sexual – Parte 2 – O mal institucionalizado. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: A diferença entre satisfação e felicidade ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Casais sem filhos ou o momento históricos para tê-los. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: O que dizer aos filhos quando eles atingirem a maturidade? ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Conciliando o trabalho e a maternidade... ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: O consumismo na adolescência... ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: A juventude atual sabe lutar por espaço na vida? ( Pais e Filhos - Luisa Lessa )

:: Laços de ternura ( Pais e Filhos - Tom Coelho )

:: A etiqueta e nossos filhos ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: Aproveitando melhor o tempo ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: O preço do caráter ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Pequenos Cidadãos? ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: O exemplo dos pais e os fabricantes de vagabundos. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: Sofrimento de filho ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Pais ensinam filhos a desrespeitar leis e éticas ( Pais e Filhos - Jorge Azevedo )

:: Família e o uso da genealogia (as raízes das sequóias). ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: As influências recebidas no convívio diário ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo