-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Pais e Filhos
 
Jéssica Cavalcante

[ Jéssica Cavalcante ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Estudante de graduação de Psicopedagogia pela UFPB.

 

Dizer Não também é preciso

Com a correria  do dia-a-dia os pais ficam menos tempo com os filhos afinal o trabalho toma a maior parte de nosso tempo,muitos pais tentam suprir essas ausência presenteando com tudo que seu filho deseja e muitas vezes peca pelo excesso, pois nem sempre uma criança possui idade suficiente para fazer uso de certos acessórios tecnológicos,por exemplo por mais que uma criança de sete anos já tenha um certo discernimento para a tecnologia em relação as crianças de antigamente, continua sendo errado dar um aparelho como iphone para essa criança pois ao dar determinado apetrecho tecnológico se torna prejudicial na maioria das vezes. Basta lembrar que uma garota de sete anos antigamente sonhava com a boneca Barbie enquanto hoje a maioria das crianças não possui tanto desejo de consumo como as crianças de antigamente, já que tudo se tornou mais acessível não só devido a concorrência de mercado mas também porque as crianças são inclusas na tecnologia com pouca idade.

O advento da tecnologia muitas vezes dificulta na educação pois se todos os colegas daquela criança possui algo e esse criança não possui seja um jogo de video game ou o celular de última geração,essa criança sente-se excluída e os pais sofrem praticamente uma chantagem emocional pois se culpam ja que passam a maior parte do tempo ausente dos filhos,com isso ocorre a repetição contínua do SIM ou seja os pais muitas vezes se martirizam só em pensar que vão ter que dar uma NÃO aos seus filhos pois tendem associar o NÃO como se fosse  a ação de rejeitar mas todos os pais tem que pensar,que se eles não ensinarem aos seus filhos a lidar com o fato de receber o NÃO ou seja de não ter suas vontades atendidas isso gerará o sentimento de frustração pois a primeira vez que essa criança ou adolescente receber o NÃO como resposta criará a idéia que ela não agrada o mundo,pela qual iniciará  uma série de conflitos.

A educação ideal é aquela pela qual ocorrem o equilíbrio,ou seja os pais so podem dar algo material ao seu filho a medida que está no alcance deles pois muitas vezes pais contraem dívidas para sí,gostam tanto de seus filhos que sofrem com o fato de não poder saciar a vontade material deles mas deve ocorrer um equilíbrio ate para que a criança ou adolescente comece a dar valor ao dinheiro,por exemplo, a vida é feita por conquistas e o dinheiro é uma conquista pois tem que trabalhar para se obter uma lucratividade financeira.É  de total responsabilidade dos pais impor esses limites principalmente nos dias atuais que educar se tornou uma dura missão pois a medida que os pais repreendem ocorre uma "liberdade" demasiada devido a internet, pois antigamente era um pecado uma criança ver um casal trocar apenas um pequeno beijo nos lábios enquanto hoje as crianças possuem a legítima consciência sobre afeto entre casais,o certo e errado mesclam-se tornando completamente relativo,hoje algo correto para um é errado para outro, ou seja não há uma padronização de princípios pois antigamente todos seguiam a mesma linha de raciocínio quando algo era errado para um se tornava errado para todos.

O mundo realmente evoluiu em muitos sentidos porém se tornou um desafio em outros sentidos, a exemplo da educação porém é dever dos pais ensinar noções de limites como por exemplo, o SIM e o Não,a educação ideal visa o equilíbrio entre a permissão e a negação pois se uma educação é permissiva de forma demasiada,torna-se prejudicial pois ao receber uma negação aquela criança poderá gerar frustração devido a não aceitação,de que sua vontade não foi realizada.Se ocorre uma educação com excessos de NÃO,sendo assim negativista em excesso,isso também prejudicará a criança pois ela temerá as expectativas,a cada projeto a ser desenvolvido ela terá a idéia que nada vai dar certo transformando-se em um ser pessimista e negativista,com tendências ao fracasso pois ela não conseguirá fazer alusões para que consiga obter vitórias em determinados setores de sua vida.

A escola junto com educadores só fazem sedimentar os princípios aprendidos em casa porém, a função dos pais além de dar amor e afetividade é trabalhar na construção dessa educação pois o sucesso de seu filho também é de responsabilidade dos pais assim como o fracasso, pois o filho em sua grande maioria tende a ser o molde dos pais ou seja os filhos sempre irão se espelhar em seus pais por isso que a imagem dos pais ou tutor de determinada criança é tão importante como a educação teórica que se aprende nas escolas.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: E quando os filhos crescem o que a mãe faz ? ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Quando a perda alheia nos modifica ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Maldita Revolução Sexual – Parte 2 – O mal institucionalizado. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: A diferença entre satisfação e felicidade ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Casais sem filhos ou o momento históricos para tê-los. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: O que dizer aos filhos quando eles atingirem a maturidade? ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Conciliando o trabalho e a maternidade... ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: O consumismo na adolescência... ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: A juventude atual sabe lutar por espaço na vida? ( Pais e Filhos - Luisa Lessa )

:: Laços de ternura ( Pais e Filhos - Tom Coelho )

:: A etiqueta e nossos filhos ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: Aproveitando melhor o tempo ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: O preço do caráter ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Pequenos Cidadãos? ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: O exemplo dos pais e os fabricantes de vagabundos. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: Sofrimento de filho ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Pais ensinam filhos a desrespeitar leis e éticas ( Pais e Filhos - Jorge Azevedo )

:: Família e o uso da genealogia (as raízes das sequóias). ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: As influências recebidas no convívio diário ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Filhos: Instrumento de aprendizagem... ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo