-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em X Diversos
 
Ivan Postigo

[ Ivan Postigo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Economista, contador, pós-graduado em controladoria pela USP.

 

Você está criando ou adiando o futuro?

Quando você pensa no futuro, mentalmente cria imagens.

A casa dos sonhos sempre está lá, junto daquele carro tão desejado, acompanhados de uma poupança para educação dos filhos, com direito a viagens de férias, que podem nos levar para a linda Monte Verde, a deliciosa Campos do Jordão, as encantadoras Serras Gauchas, as paradisíacas praias nordestinas ou uma lua de mel em New York, London “or” Paris.

Você sabe que terá apenas uma vida. Ainda que acredite em reencarnação, esse passaporte e esse CPF pertencerão apenas a essa pessoa que está lendo este material agora.

Não sabemos se voltaremos e reencarnaremos como seres humanos ou como uma minhoca, como  alguns acreditam.

Temos o direito e devemos sonhar.

Walt Disney dizia: “Tudo o que você é capaz de sonhar é capaz de realizar!”

É verdade, mas não sonhando, agindo.

Sonhos nos induzem a elaboração de planos que nos incentivam a ação.

Um plano precisa ser bem elaborado para que a ação tenha fundamentação.

Quando falamos em concretização de sonhos, em busca de sucesso, sempre mencionamos que é preciso trabalhar, e trabalhar muito.

Essa é uma meia verdade.

Ao ler isto, você vai me dizer: - Agora já não entendo mais nada! Você sempre diz que planos são importantes e a ação fundamental, pois o sucesso só aparece com muito trabalho. O que mudou?

Realmente disse e vou continuar insistindo nisso, mas é importante destacar um aspecto no conceito  trabalhar muito.

Temos que trabalhar muito sim, mas da maneira certa!

Ao caminharmos firmes e fortes na direção errada só nos afastaremos dos nossos objetivos.

Tenho visto pessoas chegarem cedo nas empresas, mergulharem no trabalho, passarem 10, 12 , 16 horas fazendo e refazendo tarefas que não as levarão muito longe.

Acreditem, com todos os recursos que temos para processamento de informações ainda encontro pessoas contando os estoques todos os dias!

Quando questionadas dizem: É rápido!

Como rápido? Há sempre alguém aguardando a informação para agir.

Por experiência posso dizer: contam os estoques todos os dias, manuseiam as mesmas peças, e quando você audita o trabalho sabe o que percebe?

A contagem está errada. As quantidades não batem, trocaram os códigos, digitaram errado. Não contaram e assumiram o que estava na etiqueta, e assim por diante.

Ah, mas isso é só um detalhe!

Não, isso não é um detalhe, é uma cultura. De uma espiada com cuidado e perceberá que muitas outras coisas também seguem essa filosofia.

É a cultura do mais ou menos está bom. É feito rápido, é feito errado, é feito muitas vezes!

Pelo amor do Grande Deus, deixe para fazer as coisas mais ou menos nas férias.

Não desperdice 50% do seu dia na empresa, adiando o seu futuro e atrapalhando os planos dos outros.

É melhor passar um dia fazendo piadas embaixo de um guarda-sol, tomando água de coco, do que no meio de pessoas atarefadas e preocupadas.

Alegria e descontração no trabalho são aspectos importantes, mas sem perder o foco: a razão da sua participação naquele projeto.

Quando encantar seus colegas, a si próprio, com a excelência da sua atuação, sem que se de conta estará encantando os clientes.

Não adianta ser rápido e andar o dia inteiro quando você está na direção errada. A única coisa que vai conseguir é se afastar ainda mais do seu objetivo.

Minhas maiores realizações estão ligadas a grupos de pessoas determinadas, projetos exaustivamente debatidos e ações conduzidas com atenção e cuidados necessários.

Muitos profissionais me encontram e usam uma frase que considero a mais gratificante de todas: - Quando vamos trabalhar juntos novamente?

Eu só tenho uma resposta: - Vocês foram os mentores. Vocês foram os responsáveis por aquele sucesso!

Talvez um dia possa reunir alguns em um projeto, mas sei que  é difícil.  O tempo nos leva para  caminhos  diferentes.

Aqueles que assumiram posições gerenciais e diretivas em grandes organizações não estão mais disponíveis. Esses sim estão construindo o futuro.

Futuro, futuro!

Falamos muito do futuro, mas o que é o futuro?

Hoje estamos vivendo o futuro que ontem tentávamos imaginar como seria.

Você é quem decide se amanhã viverá na casa dos  seus sonhos ou continuará sonhando  com a casa em que viverá!

Minha contribuição, quando posso, é para que comemore a viva vida. Que esta não seja apenas uma passagem de esperança, mas de determinação, sem adiamentos de compromissos com as nossas verdades.

 

É gratificante encontrar os amigos, poder olhá-los nos olhos, e, num forte e verdadeiro abraço pelo que conseguimos com mútua ajuda, dizer: - Obrigado, tenho orgulho e prazer de trabalhar contigo!

Hoje é o futuro que sonhamos. Como será amanhã?

Sonhemos para imaginar, acordemos para realizar!





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Ensaio sobre a surdez ( X Diversos - Elisabeth Camilo )

:: Metas ( X Diversos - Luiz Martins )

:: O que é mais importante, ser inteligente ou ser esforçado? (II) ( X Diversos - José Menegatti )

:: Algumas explicações ( X Diversos - Sivaldo Venerando )

:: Feliz Ano Novo Ano Novo: Happy New Year ( X Diversos - Luisa Lessa )

:: Sociedade secreta para o emprego ideal ( X Diversos - Sílvia Sena )

:: Você está criando ou adiando o futuro? ( X Diversos - Ivan Postigo )

:: Descrição do amor ( X Diversos - Patrícia Cozer )

:: Um dia bom para falar de sacanagem ( X Diversos - Jorge Azevedo )

:: os apreciadores da cachaça e os hipócritas de plantão. ( X Diversos - Pedro Agostinho )

:: Descaso de recepcionista ( X Diversos - Patrícia Cozer )

:: A Sapiência do apedeuta x evolução ( X Diversos - Luiz Phelipe )

:: O valor das pequenas coisas ( X Diversos - José Flôr )

:: Afinal, somos o país do carnaval, do futebol ou da bundalização? ( X Diversos - Pedro Agostinho )

:: Campo Santo: Entre a Vida e a Morte! ( X Diversos - Albino Sobrinho )

:: Carta aos Chicos, Joãos, Marias, Carolinas... II ( X Diversos - Farid Houssein )

:: Tecnologias, Comemorações e Vida ( X Diversos - Virgínia Origuela )

:: Nova definição de jornalista ( X Diversos - Ana Paula Lisboa )

:: A morte e sua face ( X Diversos - Marcio Neves )

:: O Serial Killer e os Meninos Emasculados ( X Diversos - Marlene Bastos )