-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Educacao
 
Luisa Lessa

[ Luisa Lessa ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Uma estudiosa da vida, amante da ciência e dos bons textos.

 

As profissões do futuro

 

      Uma das maiores dificuldades das pessoas, no mundo atual, reside no mercado de trabalho. No Brasil, há uma multidão de desempregados. Os jovens vivem angustiados na escolha de um curso superior que garanta-lhes sustentabilidade. Hoje se sabe que o mundo inteiro está em crise e muitos trabalhadores perderam os seus empregos e estão à procura de uma vaga de trabalho em um universo muito concorrido. E, olhando essa realidade, quais são as profissões que mais bem pagas no Brasil? Atualmente, as pessoas não estão mais pensando em trabalhar em algo que lhes dê prazer, desejam um trabalho que garanta boa remuneração, boa qualidade de vida para si e sua família.

     Todavia, esse sonho de bom emprego e boa qualidade de vida está se tornando cada  dia mais difícil, principalmente em virtude da crise mundial financeira, excesso de pessoas a procura de trabalho, falta de boa qualificação e etc. E é por essa razão que os jovens estão se preocupando não somente em fazer uma faculdade e se qualificar na área de gostam, pensam, também, no campo que lhes proporcione uma melhor renumeração. Contudo, escolher a carreira na qual seguir é muito complicado e gera uma dezena de dúvidas. A maior preocupação está relacionada às áreas mais bem pagas, entre elas estão: Juízes e Desembargadores, Diretores Gerais, Médicos, Empresários de empresas de pequeno e médio porte, Engenheiros Eletroeletrônicos, Engenheiros Civis, Engenheiros, Profissionais em Pesquisa e Análise Econômica, Engenheiros Mecânicos, Diretores de Áreas de Apoio, Técnicos e Fiscais de Tributação e Arrecadação, Agrônomos, Engenheiros Químicos, Analistas de Sistemas, Cirurgiões Dentistas, Arquitetos, Advogados, Contadores e Auditores, Administradores, Nutricionistas, Engenheiros de Alimentos e outros. Essas são as áreas profissionais mais bem pagas no mercado brasileiro.

     Mas as pistas não param aí. É preciso ter mais informações. Assim, buscando informar ao leitor o que há de consensual nos estudos prospectivos quanto ao futuro das profissões e do emprego no mundo, encontrou-se na Revista @prender mais de 100 fontes de informações sobre o tema e se selecionou as principais tendências mundiais, quanto o mercado de trabalho e as profissões.

     Setores de maior probabilidade de crescimento para as próximas décadas
     Informática;
     Saúde;
     Meio Ambiente;
     Turismo, lazer e entretenimento;
     Biotecnologia;
     Administração;
     Tecnologia da Informação;
     Terceiro Setor;
     Educação.
     "Profissões do Futuro"
     Administradores de Comunidades Virtuais.
     Engenheiros de Rede.
     Gestor de Segurança na Internet.
     Coordenadores de Projetos.
     Consultor de Carreiras.
     Coordenadores de Atividades de Lazer e Entretenimento.
     Designer e planejador de Games.
     Gestor de Patrocínios.
     Gestor de Empresas do Terceiro Setor.
     Especialista na preservação do Meio Ambiente.
     Engenharia Genética.
     Gerentes de Terceirização.
     Gestor de Relações com o Cliente.
     Especialista em Ensino a Distância (EAD).
     Tecnólogo em Criogenia.
     Profissões de Futuro (com possibilidade de crescimento)
     Turismo;
     Hotelaria;
     Sistema de Informações (Informática);
     Comunicação Social;
     Moda;
     Administração;
     Gastronomia;
     Logística;
     Marketing;
     Telecomunicações;
     Comércio Exterior e Relações Internacionais.

     O encolhimento e o desaparecimento de diversos mercados de trabalho é um movimento que já vem sendo acompanhado há mais de duas décadas. Só agora, no entanto, ele se configura como irreversível. Não há governo ou sindicato que possa alterar esse quadro. Absolutamente nada poderá deter a marcha da imprevisibilidade. Profissões desaparecerão, mas novas oportunidades surgirão. O que as pessoas precisam entender é que as coisas não serão mais como eram antes. O mundo passa por grandes mudanças e transformações. É natural, pois, que as necessidades de trabalho também mudem. É preciso ficar atento quanto ao mercado de trabalho, para não se cair em decepção.

 

DICAS DE GRAMÁTICA

CUSTOU PARA MIM ACREDITAR NELE OU CUSTOU PARA EU ACREDITAR NELE?

- Custou para eu acreditar nele", o uso de mim não está adequado ao padrão culto da língua. O pronome eu exerce a função sintática de sujeito.

CARRASCO FEMININO?

- Não se deve dizer essa mulher é carrasca, pois carrasco não é adjetivo. Trata-se de um substantivo masculino, inspirado no nome de um algoz português do século XVII: Belchior Carrasco. O certo é dizer: essa mulher é um carrasco.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Acorda Universidade federal do Acre ( Educacao - Luisa Lessa )

:: As armadilhas da linguagem política ( Educacao - Luisa Lessa )

:: As Inteligências. ( Educacao - Roberto Bastos )

:: A leitura não é atividade gratuita de advinhações ( Educacao - Luisa Lessa )

:: Os Ensinos Médio e Superior não são o MOBRAL. ( Educacao - Roberto Bastos )

:: Grandes desafios para a educação do século XXI ( Educacao - Luisa Lessa )

:: Formação de bolhas sócio-culturais ( Educacao - Cristiana Passinato )

:: Questões de um começo cheio de esperanças ( Educacao - Cristiana Passinato )

:: O Brasil está fechando 8 escolas rurais por dia. Quem se importa? ( Educacao - Wallace Moura )

:: Preciosismo didático ( Educacao - Elisabeth Camilo )

:: Há uma única verdade ou múltiplas verdades? ( Educacao - Luisa Lessa )

:: O Rolesinho ( Educacao - José Roberto Pinto )

:: Ensinar a Língua Materna ( Educacao - José Roberto Pinto )

:: A educação e os concursos públicos. ( Educacao - Roberto Bastos )

:: Um dia, na infância, me ensinaram a saudade ( Educacao - Elisabeth Camilo )

:: A Lei Drummond complementa-se com o Fundo Municipal de Cultura ( Educacao - Mauro Moura )

:: Lugar sagrado que deve ser a escola ( Educacao - Luisa Lessa )

:: A direção é mais importantedo que a velocidade ( Educacao - Luisa Lessa )

:: Comunicação e humanismo: duas armas salvadoras do mundo ( Educacao - Luisa Lessa )

:: Identidade e Territórios Quilombolas do Rio Grande do Sul: aspectos sócio-etnolinguísticos ( Educacao - Antonio Carlos )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo