-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Atualidades
 
Mauro Moura

[ Mauro Moura ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Produtor Cultural

 

CPLP contra a nova ortografia

A edição eletrônica do jornal Público no dia 03/02/2012, apresentou em destaque a maneira imperativa como o novo gestor do CCB – Centro Cultural de Belém, o Vasco Graça Moura, que muito sem graça afirmou que não aceita as regras da nova ortografia da Língua Portuguesa naquela repartição pública e que tudo fará contra o acordo internacional ratificado por Portugal sob a tutela da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Porém, a CPLP corrobora com o desejo do administrador do CCB ao manter o seu portal eletrônico com os textos ainda de acordo com a antiga ortografia no modo lusitano.

O governo federal brasileiro adotou esta nova regra em 2009 para todos os atos e ofícios governamentais e para o material didático a partir de 2012 por simples questão econômica e evitar o descarte dos livros escolares utilizados até 2011.

Sendo a CPLP uma instituição intragovernamental, com os oitos membros efetivos e pelo menos três associados observadores, como é que este organismo aceita alavancar a promoção das novas regras da ortografia que veio para primeiramente servir de ponto de apoio à comunidade lusófona não se dá o cuidado de se apresentar com base naquilo que desenvolve?

Muito antes de procurar um palacete para desenvolver suas atividades administrativas e representativas, quando a maioria do povo lusófono mora em barracos, palafitas, musseques, kubatas e muitas sequer têm um simples banheiro, deveria se ater e fazer com que este mesmo desvalido povo cresça e tenha melhores condições de vida, mesmo que por circunstâncias alhures está sempre em condição de vida precária, a começar pela falta de escolas básicas ao ensino fundamental de nossas crianças e jovens para que não cresçam analfabetas.

Quando começaram a discutir em 2008 a respeito destas novas regras da ortografia, a mesma foi posta ao público reconhecendo a grande dificuldade da maioria das pessoas com a redação e este seria um modo de democratizar a escrita tornando-a mais próxima do modo como se exprimem.

Que venha melhores dias e circunstância para a CPLP e seus afazeres lusófonos.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: A lei do cão ( Atualidades - Manoel Tupyara )

:: Everybody, macacada, very good, macacada ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Redução da maioridade Penal ( Atualidades - Gizelle Saraiva )

:: Chamar de macaco é racismo? ( Atualidades - Gizelle Saraiva )

:: Uma questão de Segurança Nacional ( Atualidades - Manoel Tupyara )

:: Projeto Criança Esperança: Um ato de amor ou de incompetência? ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: A prematuridade de um adeus ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Deus é brasileiro ( Atualidades - Manoel Tupyara )

:: Decadência cultural ( Atualidades - Nylton Batista )

:: Segurança Pública no Brasil ( Atualidades - Gizelle Saraiva )

:: Voo MH17 - Quando a insensatez gera morte ( Atualidades - Wallace Moura )

:: Vade retro, Satanás ( Atualidades - Nylton Batista )

:: A morte de DG, do Esquenta, e ações “pacificadoras” das UPP, no Rio ( Atualidades - Cristiana Passinato )

:: Desapropriados da favela da Telerj no Rio, na Catedral ( Atualidades - Cristiana Passinato )

:: Páscoa: mero comércio? ( Atualidades - Cristiana Passinato )

:: Nós não merecemos ser estuprados, abusados, desrespeitados 01 ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Maré sitiada ( Atualidades - Cristiana Passinato )

:: Incultura como base ( Atualidades - Nylton Batista )

:: Mais austeridade ( Atualidades - Manoel Tupyara )

:: Credibilidade em estado de coma ( Atualidades - Manoel Tupyara )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo