-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Ciências e Tecnologia
 
Ana Paula Lisboa

[ Ana Paula Lisboa ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Estuda Comunicação Social, adora escrever e acredita na comunicação como formuladora de conceitos.

 

Aparelho para medir gasto de energia


IPe/divulgação

No computador, a Eco2Box mostra gráficos simples para quaquer um entender os gastos de energia

Na conta de telefone dá para ver direitinho quanto tempo durou cada ligação. Já a conta de luz não mostra quanto foi gasto em cada aparelho ou tomada, mostra apenas a quantidade total de quilowatts gastos e o valor a ser pago. Desse jeito, não dá para saber se a companhia elétrica cobrou o preço certo e nem em que equipamentos deve-se economizar mais. Para acabar com esse problema ex-alunos da Universidade de Brasília (UnB) criaram a Eco2Box, equipamento que mede o gasto de energia em cada tomada da casa. Quando sincronizado com um computador por uma conexão wireless, o equipamento mostra os gastos em tempo real. “O principal benefício é ver como a energia elétrica está sendo consumida. É útil tanto para consumidores nos lares, quanto para empresas. Sabendo como a energia é gasta, as pessoas descobrem em que podem economizar”, explica Roberto Braga, um dos quatro criadores da Eco2Box. Roberto e os outros criadores (foto abaixo) são ex-alunos de Engenharia de Redes da UnB. Juntos eles fundaram a empresa de tecnologia IPe, que fica incubada no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT/UnB).

O efeito de um banho demorado, de uma noite passada com luz e TV acesas são imediatamente acessados. Os gráficos são simples e demonstram, por exemplo, quantas árvores teriam que ser replantadas para compensar aquele gasto energético. A Eco2Box mostra o valor em dinheiro gasto no equipamento elétrico e aponta quando há problemas e desperdícios. Os gráficos também poderão ser acessados por dispositivo de celular, ainda em desenvolvimento.

IPe/Divulgação
sonobrrasilA ideia surgiu em 2008, quando os fundadores da IPe participaram da Imagine Cup (em português, Copa da Imaginação), uma competição da Microsoft em que foram semi-finalistas mundiais. Depois do resultado, resolveram colocar o projeto em prática. O produto está em fase de testes laboratoriais desde janeiro do ano passado. De lá para cá, os quatro empreendedores receberam auxílio do CNPq - que paga o salário de uma equipe de seis pessoas para auxiliar na fabricação e nos testes - e da Visum - uma empresa de fabricação de hardware do Paraná, que pretende fazer a produção da Eco2Box em larga escala no futuro.

O produto ainda está em teste: “Trabalhamos no momento com uma versão maior, um protótipo, para testar. Os resultados estão de acordo com o esperado”. A previsão é que cada aparelho para tomada custe R$80 e que um kit com uma central mais plugues medidores para três tomadas saia por cerca de R$300.

Os planos dos empresários da IPe é que, a partir de julho, eles comecem a fazer as vendas do produto por um site e na própria empresa. Para o futuro, eles planejam produzir e distribuir em larga escala, o que poderia baratear o preço do Eco2Box. Convênios com distribuidoras de energia também são analisados. Para mais informações, entre em contato pelo site www.ipetic.com.br.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Meteorologia ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Física Quântica: Átomos e moléculas - uma breve introdução à Física Quântica. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Tecnologia permite aparelhos funcionarem sem bateria ( Ciências e Tecnologia - Wallace Moura )

:: Casa Galileu Galilei impulsiona evolução do pensamento científico ( Ciências e Tecnologia - Isis Nogueira )

:: O primeiro computador e sua relação com a astrologia/astronomia. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astrologia/Astronomia - Meteoritos...Quem disse que os problemas não caem do céu? ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astrologia/Astronomia - As anãs marrons. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astronáutica: reflexões e perspectivas. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Tecnologia ajuda jovens autistas ( Ciências e Tecnologia - Ana Paula Lisboa )

:: Aparelho para medir gasto de energia ( Ciências e Tecnologia - Ana Paula Lisboa )

:: Na mira dos copycats ( Ciências e Tecnologia - Patrícia Cozer )

:: Kepler-22b ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astronomia/astrologia - Triangulação entre Júpiter, Vênus e a Lua em 1º de dezembro de 2008. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Óleo no Mar ( Ciências e Tecnologia - Mario Villas Boas )

:: A força que tem um rumor ( Ciências e Tecnologia - De Angellis )

:: Religião e Ciência ( Ciências e Tecnologia - Mario Villas Boas )

:: Existe traição virtual? ( Ciências e Tecnologia - Luisa Lessa )

:: Por que novos produtos duram menos? ( Ciências e Tecnologia - José Menegatti )

:: Terror Invisível ( Ciências e Tecnologia - Mario Villas Boas )

:: Síndrome do Brasil - Energia Nuclear ( Ciências e Tecnologia - Mario Villas Boas )