-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Terceira Idade
 
Abilio Machado

[ Abilio Machado ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Artista Plástico, Ator e Autor de Peças Teatrais.

 

A caminhada do envelhecer...

O envelhecimento e suas decorrentes situações, vem contribuir para um novo olhar que antes  se perdia e também se misturava aos demais ciclos da vida. Atualmente, muitos estudos e avanços científicos vem promovendo discussões e tomadas de decisões que promovem  uma qualidade de vida adequada, assim como programas que visam o aprimoramento do potencial do idoso vem contribuindo para uma população idosa com longevidade e mais saudável.

A partir de questionamentos destinados a profissionais de várias áreas envolvidas nos
atendimentos  aos idosos, observa-se  uma relação entre a história geral e a história de vida de cada um,  sugerindo uma lenta, mas progressiva caminhada entre a 3ª idade e o mundo moderno. Do ponto de vista da adoção de políticas públicas e sociais, o contemplar adequadamente as peculiaridades emergentes dessa população idosa, deve ser a  prioridade, pois a situação de cronicidade e lingevidade atual contribuem para o aumento de idosos independente do contexto sócio cultural.Segundo Skinner(1985), a ociosidade e a falta de convivio social produzem um declínio gradual e contínuo dos diversos  processos sensoriais, que induzem o individuo a se colocar num espaço isolado, onde vai ocorrendo um desenvolvimento  de inúmeros problemas de toda ordem, culminado com enfermidades cronicas e também degenerativas pelo próprio envelhecimento. O envelhecimento sugere uma experiencia, entre outras, heterogenea, tendo uma grande relação com o que o individuo organiza em sua vida, levando-se em conta, suas circunstancias historico-culturais, e interação promovida por estes.

Muito embora existam grandes diferenças individuais no processo de envelhecimento, são estabelecidos alguns dominios gerais a serem considerados: o déficit da força física, resultando num declínio de  atividades, até então, regularmente executadas, culminando com  a fragilidade da ´saúde, de um modo geral; uma forte tendencia ao acúmulo de pressões sociais acarretando iniciode processos depressivos; a ausencia de oportunidade de papéis sociais, situação que outrora inexistia; a diminuição do ciclo de vida, que pode levar  `a percepção iminente de um estágio de finitude, provocando uma visão distorcida no sentido de vida.

Embora exista uma qualidade de vida por parte do idoso, os dominios acima podem ser vivenciados também, principalmente se for levado em conta, aspectos gerais e  não os particulares.

Entretanto, são os padrões de comportamentos do indivíduo que determinarão as facilidades ou dificuldades na adaptação da velhice, principalmente, as relações do presente estágio com os estágios de vida anterior, pois se viver com qualidade  envolve caráter, e maneiras de pensar na juventude, porque pessoas que vivem bem enquanto jovens, não vivem também assim quando são mais velhas e ainda, o tornar-se idoso reflte como uma viagem para outro pais, entretanto, é necessário que se conheça os hábitos alimentares e outros, a lingua falada, para que haja uma adptação adequada para uma vivencia de qualidade.Contudo, quanto mais natural a visão sobre esta nova fase, tanto mais facilidade para  encarar os novos desafios advindos, a partir do entendimento de que existem aspectos positivos e negativos.

É inegável que a fase do envelhecimento os sentidos experimentam uma lentidão na precisãio dos músculos , assim como uma fragilidade, e com isso os avanços da ciência
precisam ser valorizados.

Segundo Skinner, para se entender como é ser um velho, embace seus óculos, tape seus ouvidos com algodão, calçe os sapatos pesados e bem folgados para seus pés, ponha luvas e desta forma, tente levar uma vida normal. Entretanto, levando-se em conta a experiência adquirida, um aproveitamento dos utensílios a princípio desconfortáveis, transformando-os em úteis e adaptáveis, pode ocorrer representar benefícios para o indivíduo, em sua nova trajetória.

Para Freire(2000), a aceitação de suas limitações, relacionadas  à sua história de vida,
refletem  no individuo, numa saudável trajetória, pois os aspectos positivos e negativos
em sua subjetividade, são encarados como desafios e não como derrotas.

Pode-se dizer que a velhice é o resultado de um conjunto imenso de variáveis e que podem afetar o individuo , positiva ou negativamente, pois a educação que lhe foi  dada, a doutrina religiosa com a qual conviveu, e seu ambiente familiar foram determinantes no processo de vida.

A terceira idade, também representa uma mudança quanto a padrões de alimentação, onde aspectos emocionais tem relevância e  a nova fase sugere uma atenção mais de morada quanto a reformulações de dietas, horários mais regulares, pois o momento vivido é diferenciado se for levado em conta, uma nova estrutura física, agora com caracteristicas especificas. O idoso, atualmente, dispõe mais do que em qualquer outro momento da história, de mecanismos que contribuem para sua longevidade e qualidade de vida, entretanto, existem fatores que caminham na contramão deste processo pois, levando-se em conta a questão econômica , observa-se agravos que impedem drasticamente uma vida mais digna para os integrantes da 3ª idade.

O reconhecimento da importância do idoso para sua família deve ser a mola propulssora
para que este se resignifique como cidadão dinâmico, a partir de uma consciência de suas potencialidades .

Portanto, todo o meio que permeia este processo de envelhecer  do individuo é co -responsável pelo desenvolvimento ou empobrecimento deste, e uma vez que suas limitações são vigentes, a experiência ricamente adquirida ao longo dos anos deve ser o
referencial explorado adequadamente para uma vivencia que alie satisfação, respeito e identificação com seus conviveres.

Referencias
Skinner, B.F.; Vaughan,M.E.Viva bem a velhice: aprendendo a programar sua vida. São Paulo: Summus, 1985
Sarmiento,S. A terceira idade na Pastoral da Crian2000.212p.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: A dança na qualidade de vida dos idosos ( Terceira Idade - Luisa Lessa )

:: Importância da dança na vida do idoso ( Terceira Idade - Luisa Lessa )

:: A caminhada do envelhecer... ( Terceira Idade - Abilio Machado )

:: Peso morto ( Terceira Idade - Nylton Batista )

:: Educação e Terceira Idade ( Terceira Idade - Isabel Vargas )

:: Escondidos ( Terceira Idade - Isabel Vargas )

:: Para envelhecer lindamente exige-se sabedoria ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Viúvas, alvo da Previdência ( Terceira Idade - Nylton Batista )

:: Sabedoria ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Netos velhos e avós jovens ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: O idoso e a visão oriental da saúde ( Terceira Idade - Márcia Vizentini )

:: Comportamento Humano ( Terceira Idade - Fabiana Cruz )

:: A Descoberta ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Regalias na terceira idade: É justo? ( Terceira Idade - Jorge Azevedo )

:: A idade certa para amar ( Terceira Idade - Jorge Azevedo )

:: Idosos internautas ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Idosos e Asilos.......Que Saudade Vovó! ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Baile da Melhor Idade ( Terceira Idade - Sílvia Sena )

:: Liberdade para envelhecer ( Terceira Idade - Nylton Batista )

:: A melhor Idade ( Terceira Idade - Sílvia Sena )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo