-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Crônicas e Poesias
 
Virgínia Origuela

[ Virgínia Origuela ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Sou comunicativa, diferenciada, olhar visionário, Humana demais, capaz de ousar quando preciso, ética é a base sólida, respeito mútuo seu complemento. Bom humor é fundamental, o crescimento pessoal acontece e chega qd menos esperamos mas é bom viver td i

 

O Bem que se Quis

Quisera que o dia...
Tivesse mil cores, que tudo fosse flores...
Que não faltassem amores...
De todos os tipos, livres de vícios.

Que a fé fosse infinita...
Que a bondade expandida...
A maldade contida...
E tivessemos mais tempo diante da vida.

Quisera olhar pro céu...Fazer pedidos ao léu...Todo e qualquer sonho...Realiza-se sem a longa espera.Que o amor fosse sincero...
E a vida mais bonita...
Tal qual cena de novela...
Numa realidade vista fora das telas.

Quisera tanto, que nem se sabe...
O que vale de verdade...
Nessa longa ida, muitas vezes confundida com pequenos desvios...
Intercalam a subida.

Quisera sentir menos...
Falar mais...
Ouvir melhor, rir mais...
E desafiar a vida.

Quisera chorar menos, amar mais...
Fazer do mal, o seu bem...
Dos dias, das alegrias, contagiar...
Ajudar, mudar a vida de alguém.

Quisera mais que ontem...
Menos que o hoje...
E avidamente no futuro próximo...
Querer de fato, seu melhor passo.

Quisera sempre, alternando vidas...
Como quem foge dos dissabores e dos falsos amores...
Ir reinventando novos amores...
Dos quais fazem um bem mais...

A vida que se segue só!

Quisera sem medo e sem dó...
Ser quem quer que seja...
Tendo a certeza de que quem não foge a luta...
Virar a mesa.

Quisera tanto, tanto.
Que o que não sabes...
A mente desenha...
Coração desvenda.

Fez se lenda.
Diante da vida...
Com tanto querer e formas.
Subtendidas.

Quisera o texto pronto com palavras...
Pré estabelecidas...
Fazer pensar, valer...
Sua mente antes esquecida.

Hoje Viva faz valer todo querer e toda vida!
O bem que se quis!
Diante do seu nariz!
Fez muito mais, do que se quis!








Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: A vida que se tem ( Crônicas e Poesias - Luisa Lessa )

:: Pássaro aleijão ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Obrigações de uma rotina... ( Crônicas e Poesias - Fabiana Barros )

:: Impressão Digital ( Crônicas e Poesias - Fabiana Barros )

:: Desencontrados ( Crônicas e Poesias - Mauro Moura )

:: O que fazer ( Crônicas e Poesias - Carla Elisio )

:: Encontro com Deus ( Crônicas e Poesias - Virgínia Origuela )

:: Viver a Utopia ( Crônicas e Poesias - Mauro Moura )

:: Poema do Desabafo ( Crônicas e Poesias - Luciano Andrade )

:: Poesia de um tolo ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Como desejo amar voce ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: A vida dos animais no reino humano. ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O tempo aqui no interior ( Crônicas e Poesias - Mauro Moura )

:: O Cais ( Crônicas e Poesias - Luciano Andrade )

:: Todos são lindos e lindas! ( Crônicas e Poesias - Manoel Tupyara )

:: Quem Sou Eu? ( Crônicas e Poesias - Magali Cunha )

:: Propondo uma troca ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Sentido da vida ( Crônicas e Poesias - Luisa Lessa )

:: Brinquedos ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Conveniente liberdade ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo