-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Vida e Saúde
 
Abilio Machado

[ Abilio Machado ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Artista Plástico, Ator e Autor de Peças Teatrais.

 

Ninguém se torna sacerdote de repente

Mesmo com esta frase antiga, há aqueles que ainda assim pensam que conseguirão ser algo sem estarem preparados nas instâncias precordiais para tanto, seja sócio-político, seja físico, metal, espiritual.

Este provérbio ‘Nemo repente fit summus’ é tão atual quanto na época em que foi escrito, a sabedoria latina é por demais espantosa na observação do comportamento humano.

Sumo sacerdote é o ponto mais elevado, a palavra é o superlativo absoluto de super-sobre e quem parte para o alto e não pára num determinado momento chega ao topo, com certeza.

Haverá um esforço físico imenso exigido para se vencer a inércia e obter êxito.

No plano físico é tudo um caso de mecânica, de uso dos instrumentos acrescido de novos a serem laborados pelo homem para a sua condição de vias de fato, dado que o homem precisa deste diálogo com o meio que vive.

No plano moral, é tudo autodeterminação. O esforço despendido nesse compromisso é mais que um simples sentimento é uma constante, cria uma linha de vida, o bom senso, a boa índole. Além é claro de envolver inúmeras pessoas, nas mais variadas atividades.

No plano sócio político, é usar a razão e a honestidade. Vai exigir um esforço em se submeter a atender as vontades e necessidades do povo e não dos consórcios que injetaram dinheiro em suas campanhas. Requer caráter e coragem em fazer mais do que viabilizar, palavra por demais empregada em qualquer administração pública.

Não é, no entanto, intenção deste que vos escreve avançar mais por esse caminho, em dizer que meus paradigmas são o de melhor para a vida de todos, pois muitas vezes quando levamos muito aferro e fogo, somos feridos de igual maneira e isso causa medo. Deixarei que outros venham a fazê-lo.

Falar de desejos humanos: fama, o prestígio, a evidenciação de si mesmo. Tudo isso de ter o renome tem seu preço. Por vezes caro demais, a perda da privacidade, assunto muito em voga nos dias de hoje dada a tamanha exposição e a procura em expor-se.

Mas apenas os persistentes chegam a eles, ou como a professora de meu curso diz sempre em repetência contínua: ‘os pregos martelados são aqueles que deixam a cabeça de fora’, ou como disse em entrevista a moça do vestido curto em faculdade: ‘ eu quis causar e causei’, é claro que ela destruiu um monte de outras vidas sendo construídas no caminho, mas aí é o seu teor ou valor próprio que vai reger seu caminho, a grande pergunta que fica é: o quanto e quantos está disposto a sacrificar para alcançar o que deseja?! Na vida, quase tudo exige esforço, perseverança e pertinência.
O fácil é algo quase inexistente no mundo.

Ou como diz o lema: O único dia fácil foi ontem.

Tudo o que é do sonho e desejo do homem exige considerável cota de dedicação para ser conseguido e dose ainda maior para ser mantido.

‘A vida é uma luta diária, a vida é uma poesia com palavras gravadas nos segundos e em muitos deles haverá sangue entremeando o suor’ disse o contador de histórias Abilio Machado (Pai). Essa luta é o trabalho que é inerente à nossa condição humana. Ninguém está livre dele, e ao mesmo tempo que nos faz sofrer nos traz sua conseqüência que é o sucesso, fruto da dedicação exercida seja qual seja a direção que quis seguir, lembrando de novo que a escolha é sua, como disse a amiga Verenice na sua vídeo-palestra da 2ª Semana Pedagógica aplicada no Colégio Estadual Teobaldo L. Kletemberg (19/07/2012): você deve escolher se quer ser repolho ou se quer ser rosa; ou decide se fechar em si mesmo não aceitando a interatividade com o mundo que lhe cerca ou desabrocha para o mundo sendo a flor que quiser ser, se abre à vida, não esperando que os outros decidam o que você quer ser, mas sim sendo participante ativo das soluções e resoluções da mudança necessária na sua e na vida da sociedade.

O trabalho é acesso indispensável exigido ao triunfo em qualquer atividade humana, desde a mais obscura, até a mais nobre, desde a mais bandida até a mais prestigiada. A maneira e dedicação no exercício dessa atividade é a virtude a ser cultivada. O grau maior ou menor dessa diligência estabelece a diferença na escala social, no apanhado que fará em crescer dentro de sua profissão ou dentro do seu quadro educacional que quer para si, pois reconheço que não existe ninguém que deseja a si mesmo a ignorância das coisas e dos fatos.

E o que mais incentiva á esta luta é que nem sempre os mais bem aquinhoados da fortuna de base familiar conseguirão as melhores posições na sociedade humana, pois regear-se-á o conhecimento, chega uma hora que o saber vai ser exigido e o dinheiro não vai conseguir prover isso se não estiver disposto a aprender.

Até mesmo o contrário, no entanto é uma constante.

A busca da superação de obstáculos aparentemente instransponíveis é o que caracteriza os grandes feitos nos mais variados setores do agir humano. A história dos grandes sucessos humanos é rica de bons exemplos e farta de modelos a imitar, e é isso que devemos passar adiante, os bons exemplos, de maus exemplos nossos menores e nossos seguidores já os tem por demais, devemos banir os maus exemplos de nossa mídia pessoal, pois se permanecermos estaremos dando a opção do corromper-se a quem nos tem como símbolo e exemplo.

Se ‘a história é a mestra da vida’, a história das páginas edificantes dos indivíduos contribuem para a instauração dum modo mais digno de ser vivido, de ser seguido, esta deveria ser a premissa de todos os governos e não a querer fazer da educação, do esporte  e da arte moeda de barganha.

Para esta tarefa árdua, todos estão convidados a contribuir, clamo que tragam pra si como missão, que empreguem na suas vidas a promoção do ser humano, em toda a sua abrangência metafísica.

E é claro estejam preparados para o não reconhecimento, mas buscar nos passos dados sendo mais que professor, agindo em concordância com o educador, levando valores morais e sociais, levando valores e consciência política, e dentre este quadro que nos surge à frente ganharmos mais que apenas um busto em praça ou placa em alguma parede, mas que ganhemos discípulos e com isso os ideais do bom senso psicopoliticosocial perpetuado e em caminho constante sobre a linha do tempo e dos mundos.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Tratamento rejuvenescimento facial com aplicação de vitamina C ( Vida e Saúde - Ana Monteiro )

:: O mundo necessita de comunicação e humanismo ( Vida e Saúde - Luisa Lessa )

:: Síndrome do Pânico ( Vida e Saúde - Cíntia Vilani )

:: Não matarás ( Vida e Saúde - Nylton Batista )

:: Casamento como fator social ( Vida e Saúde - Cíntia Vilani )

:: Sobre o programa Mais Médicos ( Vida e Saúde - Gizelle Saraiva )

:: Drogas lícitas ou ilícitas: o poder destruidor de ambas e a necessidade de mudança na Legislação ( Vida e Saúde - Mizael Souza )

:: Alcoolismo: mentiras, verdades e a cura ( Vida e Saúde - Mizael Souza )

:: Libertinagem em uma Sociedade Relativista ( Vida e Saúde - Mizael Souza )

:: O segredo mastigação ( Vida e Saúde - Nylton Batista )

:: Tabaco zero ( Vida e Saúde - Nylton Batista )

:: Como parar a ansiedade ( Vida e Saúde - Ana Fabyely Kams )

:: A personalidade das pessoas ( Vida e Saúde - Luisa Lessa )

:: Novembro Azul: previna-se contra o câncer de próstata ( Vida e Saúde - Vera Tabach )

:: Lidando com os seus problemas ( Vida e Saúde - Luiz Martins )

:: Lupus ( Vida e Saúde - Elizabeth Costa )

:: O que é mais importante: corpo ou alma? ( Vida e Saúde - Cíntia Vilani )

:: O conceito de depressão pós-parto na parentalidade ( Vida e Saúde - Cíntia Vilani )

:: Governo Brasileiro dá um dos passos mais irresponsáveis da história: Importação de Médicos Cubanos ( Vida e Saúde - Wallace Moura )

:: O que é ser negro no Brasil? ( Vida e Saúde - Isis Nogueira )