-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Ciências e Tecnologia
 
Roberto Bastos

[ Roberto Bastos ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Historiador, professor de História, monarquista, budista, ex-músico e eterno estudante de artes marciais.

 

Física Quântica: Átomos e moléculas - uma breve introdução à Física Quântica.

 

Física

Durante as aulas sobre física, química, ou seja, Ciências da Natureza, aprendemos sobre o átomo e que ele é a menor unidade dos elementos, porém o átomo tem partículas energéticas de cargas negativas (eletrosfera - elétrons), positivas e neutras (núcleo – Prótons e nêutrons). E estes por suas vezes possuem partículas subatômicas, ou seja, partículas menores. Sendo assim o átomo não é a menor parte da matéria, mas sim a manifestação de partículas que o formam[1], que na verdade são informações condensadas, ou seja, informações compactadas que nos trazem a sensação de formação de matéria.

Segundo o Barão Ernest Rutherford[2], que baseado em postulados anteriores, constatou a existência de espaços dentro dos átomos, o que possibilitava a passagem das partículas alfas, em sua maioria, pela folha de ouro e o pouco desviado ocorria em virtude da colisão de partículas alfas com os núcleos dos átomos. Mais tarde um discípulo dele Niels Bohr[3], que através de propostas de Albert Einstein e Max Planck sobre a radiação eletromagnética e mais quatro postulados desenvolveu que o átomo não era maciço.

Atualmente, com o avanço da ciência em conjunto com a mecânica quântica e o uso de tecnologia que possibilita o estudo mais complexo e intenso sobre as partículas do átomo e da descoberta de suas partículas subatômicas[4] e suas cargas diferenciadas no átomo. Apesar de fanáticos religiosos tentarem refutar estas descobertas.

Tais físicos não foram os primeiros a descobrir e expor sobre os segredos do átomo, pois antes dele, Demócrito de Abdera[5] defendia abertamente que o átomo possuía propriedades que o formavam e estes formavam a matéria[6]. Demócrito de Abdera expôs sua visão baseada nos ensinamentos de seus mestres incógnitos e anteriores a ele e ao seu mestre, Leucipo de Mileto[7].

Democrito de Abdera

A palavra átomo teve sua origem na raiz sânscrita “Atma”, que significa alma ou Vontade.

Atualmente a Física Quântica reclama para si a (re) descoberta deste achado sem citar as fontes. Talvez em virtude destes conhecimentos milenares, herméticos e orientais terem sido silenciados após a Queda do Império Romano e da execração feita pelos tiranos, que desejavam ocultar estes conjuntos de conhecimentos[8].

AtmaQueda do Império Romano Obscurantismo medieval

Sobre as moléculas, podemos afirmar que são fenômenos oriundos da junção e combinação dos átomos, que formam os elementos químicos, as formas, as substâncias me as matérias. Como exemplo citamos a substância mais simples e conhecida de todos, o H2O – água. Que composta por dois átomos de Hidrogênio e um de Oxigênio formam o elemento necessário para a vida neste planeta. Por ser formada por átomos e estes são informações condensadas, porém devemos destacar que os sais são ligações iônicas e os metais por aglutinação dos átomos[9].

Porém, voltemos nossas atenções para a substância água (H2O – HHO), que é uma substância composta e suscetível as intenções como nos mostra o fotografo japonês Masaru Emoto, em suas experiências com a fotografia em espectro escuro com os cristais congelados da água[10].

Cristais de água - Masaru Emoto

Sua experiência com estas moléculas mostravam formas inusitadas e incomuns após serem expostas a palavras benfazejas ou palavras malfazejas. Desta forma as moléculas se mostravam, através da fotografia feita por Emoto, suscetíveis as intenções e aos processos metafísicos mais sutis. Tal descoberta legítima as afirmações da Física Quântica, relacionada às probabilidades e possibilidades infinitas e suas relações com a metafísica abordada pelos sábios de antanho. Além de comprovar que os átomos são informações compactadas e independentes, mas relacionadas a nós e ao Universo, assim como se comporta a nossa mente perante aos fenômenos.

Notas e referências bibliográficas: 

[1] ÁTOMO – HELP! Ciência e Tecnologia (org.) – Telebrás – Klick Editora – pág. 68.

[2] Ernest Rutherford - !º Barão Ruteherford de Nelson (Brightwater, Nova Zelândia, 30 de Agosto de 1871 —Cambridge, 19 de Outubro de 1937), foi um físico e químico neozelandês que ficou conhecido como o pai da física nuclear. Em virtude de seus experimentos com a radiação alfa em folhas de ouro

[3] Niels Henrick David Bohr (Copenhagen, Dinamarca - 7 de Outubro de 1885 — Copenhagen, Dinamarca - 18 de Novembro de 1962físico dinamarquês cujos trabalhos contribuíram decisivamente para a compreensão da estrutura atômica e da formação da física quântica.

[4] Isótopos, íons, cátions, ânions, neutrinos e deutrinos.

[5] Demócrito de Abdera (c. 460 a.C(A.e.c) – 370 a.C (A.e.c.))Filosofo pré-socrático, co-fundador da escola atomista, discípulo de Leucipo de Mileto. – ver MARCONDES, Danilo – Iniciação a História da Filosofia: Dos pré-socráticos a Wittgenstein – Ed. Zahar – 2007 – Rio de Janeiro. RJ. Págs. 34 e 35. TARNAS, Richard – A Epopéia do Pensamento Ocidental: Para compreender as idéias que moldaram nossa visão de mundo – Ed. Bertrand Brasil – 2008 – Rio de Janeiro. RJ. Págs. 36 e 37.

[6] MARCONDES, Danilo – Op. Cit. Pág. 35. TARNAS, Richard – Op. Cit. Pág. 37.

[7] MARCONDES, Danilo – Op. Cit. Pág. 34.

[8] FIGARES, Maria Dolores – Uma Nova Idade Média – in Revista Esfinge nº 29 – Edições N.A – São Paulo S.P.

[9] ÁGUA – HELP! Ciência e Tecnologia (org.) – Telebrás – Klick Editora – pág. 60.

[10]“ QUEM SOMOS NÓS?” – 2004 – Direção: William Arntz, Betsy Chasse, Mark Vicente. e http://www.youtube.com/watch?v=ZTIrBHFJODU – A mensagem da Água – do pesquisador Masaru Emoto.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Evolução (Parte II) – Especulação e perspectivas. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Evolução (Parte I) – Teoria e coerência. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: O êxodo para Marte – Astronáutica & História. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Novas tecnologias ( Ciências e Tecnologia - Jorge Hessen )

:: Meteorologia ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Física Quântica: Átomos e moléculas - uma breve introdução à Física Quântica. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Tecnologia permite aparelhos funcionarem sem bateria ( Ciências e Tecnologia - Wallace Moura )

:: Casa Galileu Galilei impulsiona evolução do pensamento científico ( Ciências e Tecnologia - Isis Nogueira )

:: O primeiro computador e sua relação com a astrologia/astronomia. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astrologia/Astronomia - Meteoritos...Quem disse que os problemas não caem do céu? ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astrologia/Astronomia - As anãs marrons. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astronáutica: reflexões e perspectivas. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Tecnologia ajuda jovens autistas ( Ciências e Tecnologia - Ana Paula Lisboa )

:: Aparelho para medir gasto de energia ( Ciências e Tecnologia - Ana Paula Lisboa )

:: Na mira dos copycats ( Ciências e Tecnologia - Patrícia Cozer )

:: Kepler-22b ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Astronomia/astrologia - Triangulação entre Júpiter, Vênus e a Lua em 1º de dezembro de 2008. ( Ciências e Tecnologia - Roberto Bastos )

:: Óleo no Mar ( Ciências e Tecnologia - Mario Villas Boas )

:: A força que tem um rumor ( Ciências e Tecnologia - De Angellis )

:: Religião e Ciência ( Ciências e Tecnologia - Mario Villas Boas )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo