-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Pais e Filhos
 
Carlo Dionei

[ Carlo Dionei ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Analista de Planejamento e Custos. Voluntário no movimento ONDA (Objetivos Novos do Apostolado)

 

A diferença entre satisfação e felicidade

felicidade
Se precisássemos descrever o significado da palavra “satisfação” poderíamos dizer que trata-se do prazer resultante da realização daquilo que se espera ou se deseja. Da mesma forma poderíamos descrever “felicidade” como uma sensação real de satisfação plena.

Podemos atribuir que estas descrições demonstram com certa precisão o sentido dos referidos termos e poderiam ser encontradas com facilidade em dicionários da língua portuguesa.

Em linhas gerais podemos dizer que a satisfação está intimamente ligada aos desejos e aspirações de um determinado indivíduo, podendo ser medida de alguma maneira, enquanto que a felicidade está em um outro plano, muito mais ligada a sentimentos e de difícil, ou impossível, mensuração.

Infelizmente o sentimento de satisfação, quando prestes a ser atingido traz a sensação de felicidade, mas após um breve estado de euforia desencadeia em certa frustração. Isto ocorre porque nossas expectativas são geralmente mais otimistas do que a realidade que conseguimos alcançar. Também é isto que estimula o consumismo frenético tão usual da população contemporânea.

As pessoas em geral habituaram-se na busca incessante pela satisfação acreditando desta forma conseguirem alcançar a felicidade, esquecendo-se que a maioria dos motivos que elas dispõe para serem felizes lhes acompanha por quase toda a vida, mas só são percebidos nos momentos em que tornam-se definitivamente ausentes.

Em uma análise mais simplificada poderíamos dizer que a satisfação tem preço, mas a felicidade não. Talvez seja este o motivo pelo qual famílias quando tem algum ente querido doente são capazes de se desfazerem de todos os bens para buscar um tratamento que garanta ampliar um pouco a vida do referido indivíduo.

Devemos considerar que talvez não exista nada mais encantador do que o brilho nos olhos daqueles que, livre do pudor usualmente existente na comunicação formal, demonstram para conosco os mais belos sentimentos experimentados pela espécie humana.

Podemos utilizar um exemplo simples, a satisfação de um banho morno em uma banheira de hidromassagem quando comparada com a alegria do banho de chuva durante as férias de verão da infância na casa dos avós. 

A satisfação pode custar muito caro e perder seu efeito rapidamente, enquanto que a felicidade é  totalmente gratuita e depende exclusivamente do modo como cada um percebe e valoriza as coisas que realmente são importantes nesta vida.  





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Educação dos filhos , um desafio homérico ( Pais e Filhos - Jorge Hessen )

:: Bicho Solto? ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: O Karma e nossos filhos. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: Videogames: a consolidação do hedonismo. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: E quando os filhos crescem o que a mãe faz ? ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Quando a perda alheia nos modifica ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Maldita Revolução Sexual – Parte 2 – O mal institucionalizado. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: A diferença entre satisfação e felicidade ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Casais sem filhos ou o momento históricos para tê-los. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: O que dizer aos filhos quando eles atingirem a maturidade? ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Conciliando o trabalho e a maternidade... ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: O consumismo na adolescência... ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: A juventude atual sabe lutar por espaço na vida? ( Pais e Filhos - Luisa Lessa )

:: Laços de ternura ( Pais e Filhos - Tom Coelho )

:: A etiqueta e nossos filhos ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: Aproveitando melhor o tempo ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: O preço do caráter ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )

:: Pequenos Cidadãos? ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: O exemplo dos pais e os fabricantes de vagabundos. ( Pais e Filhos - Roberto Bastos )

:: Sofrimento de filho ( Pais e Filhos - Carlo Dionei )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo