-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Informática
 
Lecy Pereira

[ Lecy Pereira ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Performer, agitador cultural, auxiliar de biblioteca e escriba nas horas vagas...

 

Estado de graça

O maior objetivo das Redes Sociais não é, exatamente, unir pessoas. Essa é uma das possibilidades, entre outras mais relevantes no que se refere a gerar renda. Vejam o caso do Orkut. Completou 10 anos sem alarde por ter ficado na esteira das empresas mais valorizadas na Bolsa de Valores. Um detalhe: muitos usuários costumavam chamar o Orkut de "mundo azul".

Centenas de milhares de pessoas usam a Internet pensando que tudo que nela se encontra é gratuito. Uma espécie de Meca de São Francisco de Assis. A começar pela conta de luz que o indivíduo paga, mais o provedor, mais o investimento em  PCs, Notebooks, Ultrabooks e períféricos que volta e meia deixam o usuário na mão para forçar novos investimentos.

O que acaba acontecendo? Uma via de mão dupla. O internauta paga para ter acesso gratuito e as empresas (as mais profissionais) racham de ganhar dinheiro com informações básicas do pacato internauta. A começar pelos milhões de e-mails criados e abandonados todos os dias. As contas "fakes" ou "realistas" que transbordam nas Redes Sociais e são esquecidas como bolsas em rodoviárias, viram uma preciosa fonte monetária. 

Então, que fique claro: grátis é uma palavra a enfeitar dicionários virtuais. Navegadores grátis são mantidos por alguém, downloads grátis são sustentados por outros meios. Alguém já disse que não existe almoço grátis. E deveria ter completado: nem jantar, quarto, cama, café da manhã e sequer bom dia completamente grátis. Não se trata de jargão de um capitalista ferrenho e desalmado.Viver é uma circunstância gratuita nos píncaros da utopia. No mais, cambia-se.

Tudo bem, o físico Chris Anderson escreveu o livro "O Futuro é Grátis" que, sorria, tem-lhe rendido royaltes bastantes para que ele siga escrevendo livros tão interessantes. Há também quem diga: "De graça, até injeção na testa". O problema é que o estrago na testa pode custar caro.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Estado de graça ( Informática - Lecy Pereira )

:: Expansão das lojas virtuais ( Informática - Isis Nogueira )

:: Internet dependência ( Informática - Jorge Hessen )

:: Arrogância internética ( Informática - Patrícia Cozer )

:: A Internet e a fábrica de apedeutas ( Informática - Luiz Phelipe )

:: Corrente do bem ( Informática - Pedro Cardoso )

:: A praga das redes sociais - parte III ( Informática - Patrícia Cozer )

:: Quando não tínhamos mídias sociais ( Informática - Ana Paula Lisboa )

:: Orkut ou Facebook? Por trás dos mitos ( Informática - Diego Grossi )

:: A praga das redes sociais - parte II ( Informática - Patrícia Cozer )

:: A praga das redes sociais ( Informática - Patrícia Cozer )

:: Lições do FISL 2011 ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Lançado Linux Fedora 15 ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Redes sociais e cia ( Informática - Sivaldo Venerando )

:: LibreOffice Para Leigos ( Informática - Klaibson Ribeiro )

:: Advicemee, a rede social criada por alunos da UnB ( Informática - Ana Paula Lisboa )

:: O declínio do Orkut ( Informática - Jéssica Cavalcante )

:: A internet como fenômeno de globalização e de solidão ( Informática - Luisa Lessa )

:: Em qu@l mundo você vive? ( Informática - Rocheli Camargo )

:: Mil e uma utilidades da internet ( Informática - Pedro Cardoso )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo