-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Entretenimento
 
Fernanda Sarate

[ Fernanda Sarate ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Sou publicitária, poetisa, fotógrafa amadora, apaixonada pelo que faço.

 

A tradição dos diários pessoais

A prática de registrar fatos cotidianos ou atípicos em um suporte é bastante antiga. Pode-se considerar a arte pré-histórica feita em cavernas um dos primeiros exemplos disso e a precursora do modelo de diarismo que conhecemos . Acredita-se que os desenhos feitos nas cavernas não foram feitos para serem vistos, devido ao difícil acesso às cavernas, o que imprime a isso um caráter bastante pessoal e privado.

No entanto, o modelo tradicional de diarismo com caráter privado, surge no Japão, na corte de Heian (794-1185), através dos pillow books – dos “livros de travesseiros”. Entre os mais antigos, o diário de Sei Shonagon, uma moça da corte de Heian, que é considerado, hoje, o retrato mais fiel desse período da história japonesa.

A imagem que predominou por muito tempo dos diários sendo registros de sentimentos e impressões preponderantemente pessoais e vinculados às mulheres surge da metade do século XIX, avigorada pelas manifestações do romantismo e da psicologia – através do conhecimento da composição do consciente e da natureza inconsciente do ser. Mas, segundo estudos feitos por Cinthia Gannett “ O diarismo é um gênero elitizado, europeu, branco, heterossexual e masculino”. Segundo a autora, na verdade, os diários masculinos comumente são considerados mais importantes e têm sido mais freqüentemente preservados. Gannett também enfatiza o fato de os diários masculinos publicados tratarem, na maioria das vezes, de assuntos como estórias de exploração, política, guerras, ou eram diários de escritores famosos ou personagens históricos. Já os diários de mulheres publicados ou eram de mulheres famosas – em menor número – ou, mas comumente, as mulheres eram parentes próximas de algum homem célebre.

Então, é no século XIX que a mulher começa a produzir diários com esse teor.  Nessa fase destaca-se os diários de Marie Bonaparte – que fez sessões de psicanálise com Sigmund Freud e, mais tarde, tornou-se psicanalista. A partir disso, o diarismo irá evoluir para o chamado “novo diário do século XX”, que representa uma  procura maior pela criatividade e pela terapia. Essa fase tem como grande nome a escritora Virginia Woolf.

Diários pessoais famosos
Entre os diários mais famosos, o de Anne Frank se destaca. Anne teria escrito o diário em uma divisão secreta da casa  onde teria permanecido escondida durante dois anos. Anne e sua família – entre muitos outros judeus –  eram, então, perseguidos pelos nazistas e haviam sido levados para os campos de extermínio. Hoje, há bastante polêmica sobre a veracidade desses diários, muitos historiadores afirmam tratar-se de uma fraude. Ainda assim, o diário é muito popular – principalmente entre os jovens . Anne teria escrito em 20 de junho de 1942, sobre a função de seu diário:

"Há alguns dias não escrevo porque, antes de mais nada, quis pensar neste diário.Idéia esquisita, a de uma pessoa como eu arranjar um diário; não só pela falta de hábito, é porque me parece que ninguém – nem eu mesma – se interessaria pelos desabafos de uma garota de 13 anos. Apesar disso, que importa? Quero escrever; e, mais que isso, trazer à tona uma porção de coisas de todo jeito que estão enterradas no fundo do meu coração".

Outro diário bastante conhecido, é o do artista Andy Warhol. Em 1976, Warhol começou a ditar um diário detalhado para Pat Hackett, que é a base de The Andy Warhol Diaries, publicados postumamente.

O ritmo, velocidade e linguagem desse diário se assemelha muito com os weblogs, em 16 de janeiro de 1977, no Kuwait, Warhol escreveu:

"Fui à galeria de Nadja. Bebi outra vez aquele estranho café doce que eles te oferecem todo tempo, é de enlouquecer. Não sabíamos que se a gente não sacode a xícara eles continuam servindo.
Comprei mais cinco cópias do Times ($1) do Kuwait. A caligrafia é linda, nada de Pop. Fui a várias farmácias procurando A-200. Para o hotel. Pedi jantar antes do jantar (gorjeta $2). As pessoas que nos convidaram para jantar mandaram uma limusine Cadillac prateada. Chegamos à casa de Qrtayba al Ghanin, um tipo parecido com um Peter Brant rico. A casa fica no golfo, um pouco afastada da cidade. Os terrenos lá são muito caros. Ele transformou-os em coisa chique ao mudar para lá.
Os Kuwaitis não servem álcool. Li Nick Carter. Muito bom – sexo e mulheres).





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Ariano Vilar Suassuna ( Entretenimento - Farid Houssein )

:: Ela (Her) - filme de Spike Jonze, uma crônica sobre ( Entretenimento - Cristiana Passinato )

:: Mary Poppins, a verdadeira... A história real. ( Entretenimento - Cristiana Passinato )

:: Philomena ( Entretenimento - Cristiana Passinato )

:: Carnaval, Lepo Lepo e a cultura lixo ( Entretenimento - Mizael Souza )

:: A política e a cultura: A Rádio MEC ameaçada. ( Entretenimento - Roberto Bastos )

:: Resenha do Filme: 12 Anos de Escravidão ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: TNT transmite ao vivo as indicações ao OSCAR® 2014 ( Entretenimento - Vera Tabach )

:: Morre Nelson Ned, após problemas de saúde e financeiros ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: A Série 24 Horas estará de volta com uma nova temporada ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: B.Léza e o Dia da Morna ( Entretenimento - Mauro Moura )

:: As crianças e seus brinquedos ( Entretenimento - Tom Coelho )

:: Vídeoclip produzido no RN tem qualidade internacional ( Entretenimento - Wallace Moura )

:: Stand Up Comedy ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Circuito Cultural Ribeira - Natal RN ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Mister Brasil 2013 ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Flor do Natal ( Entretenimento - Wallace Costa )

:: Festival da mentira ( Entretenimento - Nylton Batista )

:: Lições práticas da novela Avenida Brasil ( Entretenimento - Linaldo Lima )

:: A mídia e a influência sobre as pessoas ( Entretenimento - Elisabeth Camilo )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo