-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Atualidades
 
Wallace Moura

[ Wallace Moura ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Empreendedor. Fundador do Portal Parnanet e Idealizador do Gosto de Ler.

 

Quando a vontade de fazer justiça se transforma em mais injustiças


Fabio Raposo - RJ

"A Polícia Civil do RJ prendeu neste domingo o estudante universitário e tatuador Fábio Raposo, indiciado como coautor da explosão que feriu o cinegrafista da "Band" Santiago Ilídio Andrade, em manifestação realizada no centro da capital fluminense.

O tatuador já tinha em sua ficha de antecedentes criminais duas anotações. As duas passagens anteriores se deram em razão de supostos crimes também cometidos em outros protestos."


..

Atualmente é comum que as pessoas, quando indignadas com uma situação ou crime, façam ataques ao criminoso através das redes sociais, em especial, o Facebook.  Crimes como racismo, homofobia, e crimes contra crianças e idosos frequentemente geram tantos protestos no perfil social do criminoso, que este não vê outra saída senão encerrar a sua conta do Facebook, Twitter, etc... 

Clamor por justiça, xingamentos e até ameaças de morte. Um comportamento de revolta social, de uma sociedade cansada de injustiças, e de uma justiça (lei) que nunca acontece. Uma tentativa de fazer justiça com as próprias mãos, mesmo que no ambiente virtual (redes sociais da Internet). 

Muitas vezes estes ataques "virtuais" se transformam em consequências reais, visto que a imagem do criminoso (ou muitas vezes apenas suspeito) é divulgada com maior ênfase, quando mais ataques forem feitos. Resultado: o suspeito ou criminoso mal pode sair de casa e às vezes se vê obrigado a mudar de endereço, com o eminente perigo de um linchamento nas ruas. 

Mas... e quando essa sede por justiça nos faz cometer injustiça? O que acontece quando, após investigações, o suspeito é declarado inocente? Podemos apagar da Internet os ataques já feitos, mas não podemos apagar da vida da agora vítima, os prejuízos sociais e psicológicos causados. 

Pior ainda. E quando atacamos a pessoa errada, que nada tem a ver com a história, pelo simples fato de ter o mesmo nome no Facebook?  

É o que está acontecendo com Fábio Raposo.  Você viu a imagem do início da matéria, não é?  Pois é... o criminoso é Fábio Raposo, que mora no Rio de Janeiro. Mas desde ontem, Fábio Raposo, que mora nos Estados Unidos tem recebido pedidos de pessoas do Brasil que querem o adicionar.

Fabio Raposo - EUA

Como ele mesmo diz, em seu Facebook (imagem abaixo) em 30 segundos 17 mulheres tentaram o adicionar. Até este momento ele não sabia o que estava acontecendo, e por sorte, rejeitou os pedidos de adição. 




Fábio Raposo, o dos Estados Unidos, por pouco não se tornou vítima de xingamentos, ataques, e ameaças, pelo simples fato de ter o mesmo nome que está em destaque nos noticiários, como criminoso.

É preciso ter muito cuidado com nosso sentimento de raiva e desejo por justiça, para não nos tornarmos nós mesmos os criminosos. 






Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Malmequer, bem-me-quer, malmequer: a vitória da corrupção no paraíso chamado Brasil ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Onde está esta de Greve Geral? ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Nosso pobre Brasil - caso 1 ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Tudo pode acabar amanhã ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: A internet induz a erros ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Geração sem-sem ( Atualidades - Tom Coelho )

:: A internet induz a erros ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Mudança de atitudes ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O aborto pode ser um ato de amor ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Do osso à patente. ( Atualidades - José Flôr )

:: O anel e a memória ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Preso é ser humano e o ser humano é mutável ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Guerra nuclear seria possível? ( Atualidades - Jorge Hessen )

:: Lindo Rio de Janeiro ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Papel da Internet na vida das pessoas ( Atualidades - Luisa Lessa )

:: Quando prioridade deixa de ser ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O Brasil de ontem e o Brasil de hoje ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O ocaso de um rei ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Reflexões sobre o Brasil 01 ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Rio de Janeiro e Ouro Preto ( Atualidades - Nylton Batista )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo