-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Animais & Cia
 
Wallace Moura

[ Wallace Moura ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Empreendedor. Fundador do Portal Parnanet e Idealizador do Gosto de Ler.

 

Gambá Brasileiro e Gambá Americano

Gambá Brasileiro
Gambá Brasileiro

O Brasil tem um animal que conhecemos como Gambá, popularmente conhecido também como mucura, na Amazônia e na Região Sul do Brasil, sarigué, sariguê, saruê ou sarigueia, da Bahia a Pernambuco, timbu ou cassaco, no Ceará, micurê, no Mato Grosso e raposa, no Paraná, taibu, tacaca, saurê ou ticaca.

Um animal de muitos nomes, mas com uma fama única: fedorento. O odor ruim é produzido por glândulas axilares, com duas finalidades: afastar predadores, e, em período de cio, atrair os machos. 

Mas por que será que o gambá "de verdade" é tão diferente do gambá que vemos em filmes e principalmente, em desenhos animados? É que o nossa gambá, o Brasileiro, apesar de habitar quase a totalidade da América do sul, central e do norte, é muito diferente do gambá Americano. 

Apesar do "nosso gambá" também viver nos Estados Unidos, ele não chega nem perto de produzir o odor que o gambá Americano produz. Daí, os EUA tem nomes diferentes para os dois animais. A fama de fedorento ficou mesmo para o gambá tipicamente Americano. E acredite... com toda razão. 

Gambá Americano
Gambá Americano

Comparado com o odor do gambá Americano, podemos dizer que o gambá brasileiro é até cheiroso. O odor expelido pelo gambá Americano perdura por dias, e se espalha por uma distância de um quarteirão inteiro. Se nos aproximarmos do exato local onde o gambá expeliu seu odor, podemos "sentir o gosto" na parte de trás de nossa língua, como um gosto amargo. 

Como o gambá Americano é muito abundante em algumas áreas dos EUA (no Tenessi, onde eu moro, por exemplo), é comum eles serem atropelados nas rodovias, principalmente à noite, pois não são muito ágeis no solo e ficam ofuscados pelos faróis dos veículos. 

Pior do que o odor de um gambá atropelado, é o odor de dois atropelados. E é o que geralmente acontece com o gambá Americano. O fato é que, ao ser atropelado, o animal expele seu odor, o que atrai outros gambás, principalmente se for um casal. E seu companheiro ou companheira acaba morrendo atropelado também. 

É a triste ironia do amor dos gambás. O feromônio que atrai o parceiro para a reprodução acaba atraindo também para a morte. 

Brasileiro ou Americano, é um animal que ninguém quer por perto. Porém, eles são irão expelir o odor se forem ameaçados.  A melhor opção é deixá-los tranquilos e seguirem seu caminho. Podemos dizer que os gambás também nos trazem benefícios:

Os gambás se alimentam de praticamente qualquer coisa. Isto significa que o animal faz uma grande limpeza, comendo desde raízes e insetos, até animais mortos.  Isto sem contar que algumas espécias de gambás se alimentam de cobras, inclusive venenosas, às quais são imunes ao veneno. 

Fedidos, ou no caso do gambá Brasileiro, mais feio que um rato, eles são na verdade criaturas pacíficas e não precisamos temê-los. Assim como com qualquer outro animal, devemos respeita-los e preservar seu ambiente. Há lugar para todos no planeta. 






Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Gambá Brasileiro e Gambá Americano ( Animais & Cia - Wallace Moura )

:: Cena triste chocou quem caminhava pela Via Costeira em Natal RN ( Animais & Cia - Wallace Moura )

:: Alimentação errada faz macacos mantidos em casa ficarem diabéticos, alerta ONG ( Animais & Cia - x - Contribuições )

:: Yorkshire Terrier foi abandonado para morrer congelado ( Animais & Cia - Wallace Moura )

:: O susto dos cães ( Animais & Cia - x - Contribuições )

:: Sugar Glider? Que bicho é esse?? ( Animais & Cia - Wallace Moura )

:: Hipocrisia ( Animais & Cia - Alexandre Andrade )

:: Sobre nossos animais de estimação ( Animais & Cia - Elisabeth Camilo )

:: Um cachorro, muitas histórias! ( Animais & Cia - Rocheli Camargo )

:: Touro invade salão de beleza, causa destruição e pânico ( Animais & Cia - Wallace Moura )

:: Reabilitar ou deixar morrer? ( Animais & Cia - Renan Alves )

:: Ovelha ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Da liberdade aos animais ou hamster-correndo-em-uma-rodinha ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Vanguarda Abolicionista leva o ativismo gaúcho ao show de Paul McCartney ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Os cavalos nasceram para tração ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Testes em animais dão resultado ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Dia dos Animais: manifesto no RS lembrou que não há o que comemorar ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Paradigmas engolidos com a merenda ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Seitas exóticas ( Animais & Cia - Marcio Bueno )

:: Aplausos ( Animais & Cia - Marcio Bueno )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo