-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Crônicas e Poesias
 
Jorge Azevedo

[ Jorge Azevedo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Paisagista, Decorador, Professor e Poeta

 

Há um Ser cuidando de você

Se você está triste, sem esperança,
se tudo parece fadado a fracasso,
olhe para o mundo com confiança
um Ser especial lhe toma nos braços.

O desemprego bateu em sua porta,
as lágrimas teimam lavar seu rosto,
não há porque se desesperar
mergulhar no lamaçal do desgosto.

Há um Ser especial olhando por você
e Ele só está esperando a sua hora,
não se entregue aos vícios, à morte,
seu momento para Ele pode ser agora.

Se ajoelhe nesse momento e clame,
converse com Ele sobre sua dor
e de algum lugar surgirão anjos
cobrindo seu caminho de amor.

Peça aos deuses, aos santos de sua crença,
todas entidades são criação do Pai,
tenha fé, cante cânticos, ore, reze
e de você agora a dor se esvai.

Há um Ser especial olhando por você
e Ele só está esperando a sua hora,
não se entregue aos vícios, à morte,
seu momento para Ele pode ser agora.

Ajoelhe-se e clame pelo Grande Pai,
entregue em suas mãos toda sua dor,
pois, somente Deus é o caminho
que nos conduz ao verdadeiro amor.

Irmão não se desespere, não se lance
nas crateras profundas do mundo sem luz,
se ajoelhe e clame, peça a atenção do Pai
para a sua vida, em nome do seu Filhe, Jesus.

Há um Ser especial olhando por você
e Ele só está esperando a sua hora,
não se entregue aos vícios, à morte,
seu momento para Ele pode ser agora.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: O viajante solitário ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Labirinto da felicidade ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Folhas sem escolhas ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: A morte do prisioneiro ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Ensurdecedor grito do silêncio... ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: A obra poética ( Crônicas e Poesias - Luisa Lessa )

:: Finalidade de vida ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Adeus maledeta ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Com todo o meu amor ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Borras de café ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Mãe, não me espere para jantar ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Qual o Deus que lhe acompanha? ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Meu Céu ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Morena doce ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Prefiro ser teu ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Se o caçador não vai a montanha... ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O dia que Deus passeou comigo de mãos dadas ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Serei professor ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: A lágrima e poça dágua ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Natureza enamorada ( Crônicas e Poesias - Luisa Lessa )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo