-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Atualidades
 
Elisabeth Camilo

[ Elisabeth Camilo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Tradutora, jornalista e mestra em Letras - Linguagem e Memória Cultural.

 

Reflexões sobre o Brasil 01

            Eu sempre me questionei sobre as vantagens e as desvantagens de ter nascido brasileira...  Morar em país tropical, abençoado por Deus, bonito por natureza, conforme expressa a canção, parecia ser uma vantagem.  Continua tropical (mas o clima muda sempre) e em alguns pontos parece ainda permanecer bonito.  Às vezes, penso que Deus está fugindo desse espaço, invadido pelo mal em todos os aspectos...

            Nossos rios e outros fluxos de água estão, em grande maioria, poluídos por empresas que não possuem gerenciamento de danos ambientais ou pelos esgotos de casas simples e de condomínios...  Nossas matas morrem pelos incêndios anuais ou pelo corte para dar lugar às estradas e aos novos condomínios.  Nossas montanhas são perfuradas dia e noite para enriquecimento de alguns. 

            Nossa cordialidade, sociologicamente falada, deu lugar à corrupção que grassa desesperadamente em toda a sociedade.  O homem que se diz honesto mas oculta que recebeu troco a mais, não deixa de ser corrupto. O comerciante que troca o rótulo de validade do produto e o vende em promoção é um corrupto e traz danos à nossa saúde.  A criança que prefere brincar no computador ou levar o celular para a escola a fim de prosear com os amigos online é um indivíduo corrupto, que ignora o poder da educação em sua vida. O jovem que vive às custas dos pais sem buscar por trabalho ou escola é um corrupto. 

Há quem diga que somos meio “macaco de circo”, aquelas pessoas que imitam o que outras fazem e viciam-se na repetição.  Isso está certo, fazemos sempre o que está na moda, mesmo que isso seja errado.  Se todos roubam, também vou roubar; se todos matam, também vou matar; se todos se unem para protestar contra qualquer coisa, mesmo que eu não saiba o que seja, também vou protestar.

Fico estarrecida quando afirmo para amigos de outros países que sou uma cidadã brasileira.  Eles me olham de um jeito engraçado, começam a rir e me perguntam se já vendi alguma vez meu voto, se já recebi propina por alguma coisa, se jogo lixo na rua ou urino nos becos...  É triste perceber como somos vistos lá fora...  Nunca vou me esquecer do tratamento recebido no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, quando fui revistada em todos os aspectos, para se verificar se eu era traficante ou usuária de drogas.  Foi horrível, mas o que era válido era que eu era uma cidadã brasileira e como desse país, representava risco para a França ou para a Holanda (lugar para onde eu ia).

Se sou brasileira, sou uma mulher disposta a fazer sexo com qualquer um, ando nua ou quase nua, mostrando seios e nádegas, danço funk, saio pelada no carnaval, porque no Brasil tudo pode. 

Fiquei triste ao ouvir determinado candidato a prefeito de uma capital de estado brasileiro afirmar que “rouba, mas não pede propina”, e ser aplaudido por isso... 

Atualmente fico perplexa com os números citados na Lava Jato: 50, 100, 200, 500 milhões em propinas aqui e ali... tudo é dito tão naturalmente que me parece que roubar é atributo do povo brasileiro, que vota sempre nos mesmos nomes, que pratica sempre os mesmos atos, que se nega a quebrar paradigmas tão negativos.

Polícia no Brasil mata, se isenta, pouco protege, participa de milícias.  Claro que há exceções, mas povo brasileiro ou tem medo da polícia ou se torna amigo dela. 

Sinto nojo ao escrever esse texto que aponta minha indignação com tudo que ouço, leio, analiso...  Será que ser brasileiro hoje é um predicativo que conta positivamente no currículo?






Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Malmequer, bem-me-quer, malmequer: a vitória da corrupção no paraíso chamado Brasil ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Onde está esta de Greve Geral? ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Nosso pobre Brasil - caso 1 ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Tudo pode acabar amanhã ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: A internet induz a erros ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Geração sem-sem ( Atualidades - Tom Coelho )

:: A internet induz a erros ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Mudança de atitudes ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O aborto pode ser um ato de amor ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Do osso à patente. ( Atualidades - José Flôr )

:: O anel e a memória ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Preso é ser humano e o ser humano é mutável ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Guerra nuclear seria possível? ( Atualidades - Jorge Hessen )

:: Lindo Rio de Janeiro ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Papel da Internet na vida das pessoas ( Atualidades - Luisa Lessa )

:: Quando prioridade deixa de ser ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O Brasil de ontem e o Brasil de hoje ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O ocaso de um rei ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Reflexões sobre o Brasil 01 ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Rio de Janeiro e Ouro Preto ( Atualidades - Nylton Batista )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo