-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Atualidades
 
Jorge Azevedo

[ Jorge Azevedo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Paisagista, Decorador, Professor e Poeta

 

Quando prioridade deixa de ser

Eu tenho preferências em minha vida, nem todas são prioridades, todas são importantes.

Hoje, lendo um discurso do presidente Temer, encontrei a palavra "prioridade" inserida de diversas formas no seu pronunciamento. Em vez de tranquilizar-me com a vontade de fazer o certo, preocupei-me com a insegurança do presidente em não saber o que fazer, aliás, está sendo uma marca dos últimos governos, não saber o que fazer.

Todos falam em priorizar, todos citam prioridades e quando pluralizam as prioridades, é para preocupar-se, pois, não há demonstração maior de insegurança que a polarização dos horizontes.

Imagine você desejando concluir um curso superior, mas, você precisa priorizar o curso técnico que lhe dará emprego mais imediato. Priorizará sua vida artística, pois, ela lhe fará famoso mais rápido. Lembrou agora, priorizará a religião, pois, sem fé em Deus como vencer os obstáculos? Antes de priorizar a formação superior, precisa priorizar o casamento com sua namorada, pois, ela além de ser muito bonita, está grávida e é menor de idade.

Afinal, nós estamos priorizando ou estamos dando preferências? Preferência e prioridade são sinônimos?

Escutando os políticos citarem desordenadamente as prioridades de suas gestões, preocupa-me piamente. Os nossos políticos não têm meta, não têm projeto e estão ali somente para ficarem ricos e famosos, antes de se tornarem políticos e o povo caminhando nesta mal caminhada estrada se embutem nesse poço de dúvidas e pouco saber e vão cristalizando suas prioridades. E votam naquele político porque votará na manutenção do Bolsa Família; aquele outro prometeu cacimba em cada casa no sertão; não posso esquecer que minha prioridade é votar naquele outro que empregou minha filha no gabinete dele; ah, como esquecer que minha prioridade é eleger aquele que no ano passado deu dentadura para meu pai... E rasgam-se prioridades na cabeça do eleitor e quando a gente desperta ouve os governantes priorizando tudo e não fazendo nada.

Prioridade é como o homem ver Jesus Cristo... Ideia primogênita, ideia unigênita. Prioridade quer dizer que "antes de me casar ficarei noivo. Antes de ser pai, transarei com minha mulher". Prioridade significa que "tenho 5 projetos fundamentais... Educação, Trabalho, Segurança, Saúde e Inflação. A minha prioridade é a educação". Nenhum governante pode, entre os seus projetos priorizar todos, ou mais de um, ele até pode dizer "minha prioridade é a Educação, mas, tenho preferencias pela Saúde e pela Segurança", ou seja, essa mente está dizendo que se preocupa com a Segurança e com a Saúde, mas, antes de qualquer outra atitude, trabalhará a Educação.

Então, senhores políticos, antes de falarem asneiras, busquem o "pai dos burros", hoje facilitado pelo Google, e não digam que farão o que não sabe o que é... Presidente Temer, priorizar é por "antes de tudo", isto é priorizar.

Tomando outro exemplo... O ex-presidente Lula trouxe alguns projetos para o seu governo... "Combater a fome, a desigualdade social, a igualdade racial, o enriquecimento dos mais pobres, saúde para todos, enriquecimento...". Ele priorizou o enriquecimento, mesmo sendo ilícito, para ele o enriquecimento estava à frente de qualquer atitude... Assim, não sabendo a diferença entre priorizar e preferenciar... Lula faliu o Brasil.

Presidente Temer, por favor... O senhor é mais letrado, é acadêmico, é culto... Tem obrigação de saber a diferença entre "Prioridade" e "Preferência".

Recife, 26 dezembro 2016





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Mudança de atitudes ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O aborto pode ser um ato de amor ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Do osso à patente. ( Atualidades - José Flôr )

:: O anel e a memória ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Preso é ser humano e o ser humano é mutável ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Guerra nuclear seria possível? ( Atualidades - Jorge Hessen )

:: O Rio de Janeiro continua lindo ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Papel da Internet na vida das pessoas ( Atualidades - Luisa Lessa )

:: Quando prioridade deixa de ser ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O Brasil de ontem e o Brasil de hoje ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: O ocaso de um rei ( Atualidades - Jorge Azevedo )

:: Reflexões sobre o Brasil 01 ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Rio de Janeiro e Ouro Preto ( Atualidades - Nylton Batista )

:: Jovens de ontem e jovens de amanhã ( Atualidades - Luisa Lessa )

:: Enquanto isso ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Outro perfil para o brasileiro ( Atualidades - Nylton Batista )

:: Cocepção negativa de probreza ( Atualidades - Luisa Lessa )

:: A violência em meio aos jovens brasileiros ( Atualidades - Luisa Lessa )

:: Modificaçao dos talentos do século XXI ( Atualidades - Elisabeth Camilo )

:: Premonição realística... Que eu esteja errado. ( Atualidades - Jorge Azevedo )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo