-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Crônicas e Poesias
 
Jorge Azevedo

[ Jorge Azevedo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Paisagista, Decorador, Professor e Poeta

 

Qual o Deus que lhe acompanha?

Há um só Deus, mas há tantos Deus, na mente das pessoas, que eu me pergunto... Qual o verdadeiro Deus?

Há Deus para todos os gostos. Há um que é vingativo e mal. Esse joga você no fogo de todos os infernos se a mulher passar uma simples lâmina no pelo das pernas. Há um Deus que condena à morte quem doa sangue para livrar da morte.

Há um Deus benevolente, que perdoa 7 vezes e se for preciso, 7 vezes 7 por quantas vezes se faça necessária, mas há um Deus avaro que toma tudo do individuo se ele não pagar o dízimo, um pastor da Igreja Mundial disse que quem não paga o dízimo é estelionatário porque empobrece a Deus.

Há um Deus que gosta de sangue e grupos religiosos matam, explodindo e se explodindo em nome desse Deus. Um Deus que se compraz com a dor, com o sofrimento. Quem mata em Seu nome ganha o paraíso e quem não mata em Seu nome mergulha no limbo por toda a eternidade.

É um Deus somente, com muitas faces. Há uma face de Deus que permite ao homem casar com muitas mulheres, há uma face de Deus que prega a monogamia. Há um Deus que não se contém diante das agressões e ordena retribuição, "dente por dente, olho por olho"; há outra face de Deus que prega a submissão "se lhe bate numa face dá-lhe a outra para apanhar".

Tem um Deus que proíbe aos seus seguidores comer, namorar, beber água, trabalhar no período do ocaso da sexta-feira até o ocaso do sábado. Outra face de Deus não se preocupa se na noite de sexta-feira haja farra nas praças e congestionamento nos motéis.

Se a "casa de Deus" precisa de dinheiro, o conselho de não tomar o que não é seu não tem valor, padres e pastores aceitam dinheiro de quem quer que seja em nome do Senhor, de onde venha, de onde vier.

É interminável a quantidade de faces de Deus. Para Deus eu sou filho, para alguns religiosos eu sou o pecado. Para uns o fiel é enriquecedor de homens que gritam em nome de Deus, outros se conformam e esperam, pois Deus é mantenedor.

Deus é milagroso para o doente, para o esperto Ele é agente imobiliário. Já venderam em nome de Deus lotes na Lua, em Marte. Em nome de Deus enchem vidros com água de qualquer torneira e transformam em água de Jericó. Tem religiosos vendendo 10 mililitro de óleo de soja, desses comprados em quitanda de esquina, pelo preço de 1 tonelada, com a desculpa que é ungido e foi ungido em Israel.

Há um Deus humilde, que prega o desprendimento material, mas há um Deus que não entra em casa sem tapete e não senta em cadeira sem forro de veludo, por nada desse mundo.

Tem uma parte de Deus que entra em qualquer barraco e sente-se feliz, há outra parte de Deus que só se sente bem em palácios. Há igrejas e templos erguidos para Deus que causaria inveja ao Templo de Zeus.

O Deus que me acompanha e eu sigo, acho que é bobo. Acho que eu fiquei com a face do Deus misericordioso, humilde, boníssimo. O Deus que eu sigo não se cansa de me perdoar e se eu não tenho dinheiro para o dízimo, em vez Dele cobrar Ele me dá. Acho que Ele fica com pena de mim e me mostra o caminho do ouro. A face de Deus que sobrou para mim não sente ódio, Ele conhece somente o amor, não me ameaça com o inferno e nem me cobre com o frio.

Estou quase convencido que eu fiquei com a melhor parte de Deus. Fiquei com a parte de Deus que pisa em meu chão sem tapete e não me pede talheres de ouro e nem porcelana Ming para as refeições comigo. Ele não se importa se minhas roupas não são de linho e se minha casa não parece um palácio árabe. Meu Deus não se importa se eu bebo uma dose de cachaça ou uma taça de vinho. Ele só não gosta que eu exagere e quando eu saio e chamo-O para ir comigo, Ele é tão manso que me acompanha sem nunca ter reclamado, ou protestado, ou dito que está cansado, ou me pedido para atualizar o dízimo e nem para eu lhe servir um manjar.

De todos os Deus que existe por aí, o Deus que sobrou para mim, tenho certeza, foi o melhor de Deus que eu podia encontrar. E para você, qual o Deus que lhe acompanha?





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Eu quero ser adotado, por favor, me adote... ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Eu pensando em você ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Quando a tarde parece que dorme ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Canto a um momento de melancolia ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O nascer do amor ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Tentações ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Lágrimas e lágrimas ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Violência contra a mulher não é somente o murro que transfigura ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O valor de um ponto ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Xis da questão ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Saudade de quem amo ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: A ultima pedra ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Já vi anjos ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Palavras de um Anjo ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Saudade dos olhares ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Uma das minhas namoradas ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Aposentando a aposentadoria ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Você, o amor de minha vida ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: A energia do chão ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Palco ou plateia ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo