-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Religião Outras
 
Jorge Azevedo

[ Jorge Azevedo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Paisagista, Decorador, Professor e Poeta

 

A prece

A  forma mais direta do homem se encontrar com Deus é através da prece. Podemos dizer, "a prece é o canal de comunicação entre os seres em suas distintas dimensões".

Santo Antônio, mesmo quando ainda, esteve entre nós, na figura de Frei Antônio, usou a palavra, a sua voz, como forma de unir todas as 
criaturas terrenas com as criaturas celestes. Um dos exemplos clássicos da importância da palavra com fé, é o momento de sua fala com os peixes. Divino momento do poder de Deus diante da falta de fé dos homens, da palavra, da prece na força divina.

Deus ouve nossas vozes, não importa o intelecto que delas saem. Deus em sua sabedoria entende a forma de falar dos pássaros e dos cães, dos gatos e dos touros, dos meninos e dos anciãos, das meninas e das mulheres, dos analfabetos e dos cientistas. Deus não descrimina filhos pela cor e nem pela posição social. Os crentes são crentes na palavra de Deus e com sua palavra Deus aceita e abraça as preces em quaisquer idiomas, em quaisquer manifestações, em quaisquer credos.

Os espíritos santos e iluminados, entre eles está Santo Antônio, se debruçam todos os dias, em cada uma de suas horas, em cada um dos seus segundo, em prece à Deus, pedindo pela humanidade. Nesse momento abrem-se os ouvidos dos espíritos santos e iluminados para os clamores daqueles que em prece pedem e rogam curas e milagres.

Através dos espíritos santos e iluminados Deus ouve nossas súplicas, atende nossos pedidos de socorro e se alegra com nossas atitudes. Deus é bom, Deus é Pai, Deus é Gloria e glorificamos a Deus quando nos despimos de toda vaidade e nos entregamos humildemente a Ele em forma de prece. Na prece abandonamos a soberba, não somos ricos, os ricos e nem somos pobres, os pobres. Quando em prece somos verdadeiramente os filhos de Deus, em estágio de pedir e de agradecer.

Os Santos Espíritos se enchem de luz com tamanho fulgor, que esta luz resplandece dos seus corpos e nos envolvem, nos tornam luminosos aos olhos do Pai, e mesmo tendo nos vistos a cada centelha de segundo, o Pai nos ver mais claramente quando nossa aura se ilumina durante a prece.

A prece dirigida a Deus, através dos seus tantos santos espíritos, não precisa ter palavras bem colocadas, decoradas, bonitas. A ovelha não sabe falar e Deus entende o que deseja a ovelha. A árvore não usa palavras e Deus conhece a necessidade da árvore. O mudo não sabe palavras e Deus entende as suas súplicas. A prece não pode ser, não deve ser, feita como um poema decorado para ser declamado em ocasiões especiais. A prece precisa sair da alma, não somente da boca. Não são palavras ditas ao vento, não precisam ser gritadas. Na prece, a palavra pode estacionar-se no pensamento, sem som e sem barulho. É indispensável que ela esteja no coração. Deus nos ouve com mais intensidade, quando em prece fechamos os nossos olhos para não ver o mundo exterior. De olhos fechados olhamos o mundo dentro de nós... Dentro de nós que mundo criamos? É o mundo que Deus deseja que mantenhamos, ou é o mundo que através de nossas preces mudaremos?

Santo Antônio, enquanto ainda frei, enquanto ainda homem físico, usou o poder da palavra, da oratória, da prece para salvar, para desviar caminhos, para unir almas e para elevar a Santa Glória de Deus em todos os seus pensamentos. Foi o amor divino que lhe inspirou a prece e foi através da prece que ele se tornou o santo protetor de todos que se encontram amargurados e em tormentos.

"Salve Antonio Santo! Santo vós que inspirastes a mim a prece como forma de ligação do meu espírito com o Santo Espírito de Deus. A vós louvo todos os meus sentimentos de respeito, de amor e de agradecimento, por tanto que a mim tendes feito, por todas as vezes que me desviastes do caminho onde o maldito me espreita para tomar do meu corpo, minha vestimenta; tomar de minha bolsa, meu pão; tomar de minha vida, minha alma. Eis o óbulo da fé, a prece, que dirigida aos espíritos santos e iluminados conduzem minha palavra aos ouvidos sagrados de Deus Pai, todo poderoso, apaixonadamente amado, iluminado com o fulgor da luz do amor e do perdão".

Escuta minha prece Antonio Santo e intercede por mim junto àquele que lhe cobre de luz e misericórdia.






Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: As bebidas alcoólicas são tóxicos fatais ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: “Sim” ou “não”, eis a questão ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: O suicido ante a cordilheira de apelos vazios na mente dos jovens ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Acatemos a dor física como educadora da alma ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: “Andar com fé eu vou...” ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: As expressões “Kardecismo” e/ou “kardecista” não devem ser desestimadas ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Intersexualidade, o ser humano não se reduz à morfologia de “macho” ou “fêmea” ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: O orador espírita deve rejeitar plágios e ribaltas circenses ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: A prece ( Religião Outras - Jorge Azevedo )

:: Tatuagens estigmatizam a alma? ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Coerência da Lei Divina ante a reencarnação ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: “Fogo fátuo” e “duplo etérico” - o que é isso ? ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Algumas ideias que Einstein fazia sobre Deus ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: “Mediúnica” aberta ou fechada? ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Destino e a opção pelo caminho certo ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Caiu do avião, do paraquedas, do arranha céu e não faleceu – “milagre”? ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Sempre pela conservação da vida ante a moléstia delongada ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Vida inteligente só existe na Terra? ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Espiritismo e medicina - Caminhos para terapêutica dos distúrbios mentais ( Religião Outras - Jorge Hessen )

:: Solidariedade ( Religião Outras - Jorge Hessen )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo