-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Empresarial
 
Tom Coelho

[ Tom Coelho ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Formação em Publicidade e Economia. Especialização em Marketing e em Qualidade de Vida no Trabalho.

 

Os deveres do poder público

“Cada povo tem o governo que merece.”
 (Joseph-Marie Maistre, filósofo francês, em 1811)


Há anos a administração pública em nosso país, em todas as esferas de governo, tem terceirizado aos cidadãos suas atribuições básicas.

Assim, é impraticável abrir mão de um convênio médico e odontológico, ficando à mercê do sistema público de saúde, formado por hospitais lotados, carência de médicos e espera superior a três meses para uma simples consulta.

O mesmo se aplica à educação. Para oferecer um ensino de qualidade aos nossos filhos, precisamos recorrer a instituições privadas. E no mundo corporativo, cabe às empresas formar e capacitar os profissionais contratados, que chegam ao mercado de trabalho absolutamente despreparados, entregando baixa produtividade que impacta diretamente a competitividade. É o chamado “apagão da mão de obra”, decorrência direta dos analfabetos funcionais que têm sido despejados pelas escolas públicas e seu sistema de progressão continuada.

Com relação à segurança, outra das garantias previstas na Constituição Federal, temos que instalar alarme residencial, cerca elétrica e viver em condomínio, além de fazer seguro de nossos bens e, em breve, andar em carro blindado, selecionando criteriosamente os locais e horários para circular nas ruas.

Por ocasião da crise hídrica, muitos tiveram que instalar cisternas, poço artesiano ou ampliar a capacidade do reservatório existente, além de adaptar a tubulação interna para aproveitar a água de reuso. E para acessar a energia elétrica, teremos que adquirir gerador, instalar coletores de energia solar e também adaptar o sistema de distribuição desta fonte alternativa de energia.

O poder público tem o dever de agir, o que significa atender com celeridade aos interesses dos cidadãos, antecipando-se mediante planejamento às demandas essenciais. Tem o dever da eficiência, utilizando os recursos com efetividade e presteza. Tem o dever da probidade, agindo com ética, integridade e retidão. E tem o dever de prestar contas, atestando a prática dos deveres mencionados anteriormente.

Contudo, o que temos observado, salvo raras exceções, é a inépcia administrativa e o saqueamento do erário. Tudo isso com a população arcando com uma carga tributária da ordem de 36% do PIB.

Qual o limite de nossa leniência? Até quando iremos suportar tanta negligência e omissão? Ou estaremos fadados a um retrocesso contínuo e progressivo, até o colapso social?





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Os deveres do poder público ( Empresarial - Tom Coelho )

:: O país da corrupção ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Gestão empresarial em tempos de crise ( Empresarial - Tom Coelho )

:: A relevância das datas comemorativas ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Gestão com empatia ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Excelência no atendimento ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Engajamento e retenção ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Mundo desigual ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Cuide da sua vida ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Tempo perdido ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Crise de liderança ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Regras de ouro para administrar o tempo ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Anarquia institucional ( Empresarial - Tom Coelho )

:: A arte de empreender ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Quando você não é visto ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Fusões e desemprego ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Portas abertas ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Aplicando 5S na vida pessoal ( Empresarial - Tom Coelho )

:: A força da vocação ( Empresarial - Tom Coelho )

:: Aplicando 5S nos escritórios de advocacia ( Empresarial - Tom Coelho )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo