-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Crônicas e Poesias
 
Jorge Azevedo

[ Jorge Azevedo ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Paisagista, Decorador, Professor e Poeta

 

Forte, fortaleza

Forte sou!

A luta não me esmorece,

que chegue a guerra,

me vista a prece,

que venha a labuta,

sou sangue da terra

não corro da luta.

 

Forte sou!

Desistir não é meu lema,

persistir é minha sina,

no mundo sou o sistema,

da vida sou a mina,

que venha a mim as dores

sou forte como a rocha,

sou semente de amores.

 

Sou forte, sou fortaleza,

sou a espada do samurai,

o elmo da cabeça vencedora,

quando o sangue em mim esvai,

é quando me torno mais lutadora,

dos filhos sou mãe e sou pai,

dos pais sou o esteio de fé,

sou forte, sou fortaleza...

Sou mulher.

 

A sapiência em mim é virtude,

os defeitos deslizo de mim,

nunca mudo minha atitude

em busca de um meio para um fim,

sou forte se forte não fosse

a vida já não existiria na vida

o parto dói como um coice

que logo se cura da ferida.

 

Não olhem para a mulher com piedade,

se ela não tem forças como um laço,

sua sabedoria é sua maior verdade

e sua verdade está no calor do seu abraço,

quando dos seus olhos rolarem prantos,

não é fraqueza que deles rolam chorando,

lágrimas nos olhos de uma mulher é canto

de amores para o amor que está amando.

 

Brava és tu, oh, mulheres que em meus poemas,

desbravas todos os encantos que tenho de ti,

tu és a fortaleza que encontro em meus dilemas,

tu és a companhia que sempre quero possuir,

continues tua caminhada com esta vaidade,

sem tu minha vida há muito deixava de respirar,

se somente em ti não está encravada a felicidade

felicidade só existe porque tu, a soubestes criar.

 

Forte, fortaleza,

morte, beleza.

 

Tu és a própria essência.

da essência traz a fé,

a fé de minha consciência

que mais forte que a força,

é a força de uma mulher.






Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Forte, fortaleza ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Vida é algo que ainda nem sei. ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Crisálida ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Borboletas e poesia ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Bonecas de carne ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: A minha arte de lidar com o mundo ( Crônicas e Poesias - Fabiana Barros )

:: Eu, um privilegiado ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O rótulo da garrafa de vinho ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Não me provoquem depressão ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Eu quero ser adotado, por favor, me adote... ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Eu pensando em você ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Quando a tarde parece que dorme ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Canto a um momento de melancolia ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O nascer do amor ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Tentações ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Lágrimas e lágrimas ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Violência contra a mulher não é somente o murro que transfigura ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O valor de um ponto ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Xis da questão ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Saudade de quem amo ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo