-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Crônicas e Poesias
 
Fabiana Barros

[ Fabiana Barros ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Jornalista, contista, escritora e palestrante. Escreveu roteiros para televisão e cinema, além de musicais infantis. Autora de diversos livros.

 

Um pequeno príncipe sonhador

Vou contar para vocês a história de um pequeno príncipe, mas que tinha grandes ideias e sonhos. E ele percebeu, com o passar dos anos, que as pessoas que venciam na vida e as mais sábias eram aquelas que liam muito, viajavam, estudavam bastante e iam para a escola. O príncipe queria e precisava conhecer novos lugares e culturas. Ele queria ser grande.  E soube da história de uma garota chamada Malala e com ela aprendeu a ter coragem e que os estudos podem fazer toda a diferença na vida de uma pessoa. E foi assim que ele criou coragem e resolveu sair do mundo comum dele para conquistar o mundo especial. Ele saiu da zona de conforto dele, do planeta onde morava e foi em direção ao planeta Terra onde diziam que existiam muitos seres humanos e livros. Ao chegar lá, o pequeno príncipe percebeu que existiam homens de muitas raças e cores, mas ele os tratou de maneira igual e com muito respeito. Não queria repetir o erro de pessoas preconceituosas como Carmita. A colega que maltratou a menina negra Vânia. O principezinho aprendeu desde cedo que as pessoas valem pelas boas atitudes que praticam e não pela cor da pele que elas têm ou pelo ouro que possuem ou posição social que ocupam na sociedade.

O pequeno príncipe veio de um planeta muito pequenino, mas onde o amor existia e ficou um pouco assustado com as diferenças sociais e com a falta de paciência entre os seres humanos, mas o sonho dele de realizar o que parecia ser impossível fez com que ele vencesse todos os obstáculos. Enfrentou desafios e, por isso, se tornou mais forte e com muito mais fé nele e na vida que pulsava dentro do peito. 

Logo que chegou ao planeta Terra, o pequeno príncipe cheio de sonhos fez amizade com Gabi. Ele olhou para a garota e perguntou curioso:

-Quem é você? Qual o seu nome?

- Meu nome é Gabi? 

-E este monstrinho ao seu lado? Quem é ele? É assustador!

- O nome dele é Arthur. E ele é o ser humaninho mais legal que eu conheço. Não julgue as pessoas e as coisas pela aparência delas. O mais importante é a essência, o que elas levam e cultivam dentro da mente e do coração. E Arthur é muito amigo, leal e o meu maior confidente.

- Desculpe-me! Eu sou novato neste planeta e não quis ser rude e, nem tão pouco, mal educado. Podemos ser amigos?

- Claro! Ter amigos é a melhor coisa da vida e acho que em qualquer lugar do planeta é o mais precioso tesouro que podemos conquistar.

E foi desta maneira que uma grande e linda amizade começou entre os três. O amor é capaz de unir pessoas de várias nacionalidades, cores, raças e credos.Os três saíram saltitantes e caminhando sem pressa, quando, de repente, eles encontraram uma menina usando meias listradas e de traças nos cabelos. Ela estava chorando, mas parecia ser muito simpática. O pequeno príncipe se aproximou dela e perguntou:

 - Por que está chorando e triste?

- Eu acabei de perder a pessoa mais importante da minha vida. O meu avô Pedro.  Ele viajou para a Grécia e nunca mais voltou. Que bom encontrar vocês! Adoro fazer novos amigos! Agora que o meu melhor amigo se foi, eu estou me sentindo um pouco sozinha e triste. O meu avô sumiu, mas deixou este livro mágico para mim de presente, mas eu nunca tive coragem de usá-lo e saber do que ele é capaz.

- O tempo vale ouro! Vamos colocá-la naquela porta e vê o que acontece (Sugeriu Pilar)

- Acho ótima a ideia! (Responderam o príncipe e Arthur também)

Os 3 rodam no palco e, de repente, eles aparecem no mundo de Hades, no mundo dos mortos e encontram o vô Pedro. Ao avistarem Hades percebem a presença de um garoto escondido atrás de uma pilastra. Eles se aproximam dele e perguntam curiosos:

- O que está fazendo aqui escondido? Está com medo?

- Não! Meu nome é Anri e eu estou atrás do elmo da invisibilidade para salvar o meu avô Bernardo. Ele foi capturado pelo maior ciclope que eu já vi na vida e preciso salvá-lo.

Os amigos ficaram escondidos e assim que Hades cochilou, eles uniram forças e conseguiram chegar perto dele para procurar o elmo, mas não o encontraram. Todos precisavam ficar completamente invisíveis para não serem descobertos e tinham que encontrar os dois desaparecidos.

-Vocês viram os nossos vovôs? Acho que preciso fazer um vídeo no Snapchat, colocar as fotos deles no whatsapp e divulgar também em todas as nossas redes sociais: no Instagram, no Twitter e no Facebook. Com todas estas ferramentas de comunicação, eu tenho certeza que os encontraremos em breve!

(Fala com a plateia)

- Por favor, galerinha! Compartilhem no whatsapp, no insta e no face! Preciso da ajuda de todos vocês!

- Tive uma ideia! (Gritou Pillar) Vamos chamar para nos ajudar na investigação o agente Zac Power da Agência de Investigação do Governo (AIG) Vou mandar uma mensagem de voz no whatsapp para ele. 

-Zac, onde você está agora? Hã? Na Ilha do Veneno? Não tinha um lugarzinho melhor para ir não? Como é que é? A ligação está péssima, como quase todas do what`s app! Você precisa encontrar a fórmula da solução X criada pelo malvado Dr. Drástico e nós os nossos vovôs!

Olha para a plateia e diz desapontada:

"A ligação caiu! Desta vez teremos que nos virar sozinhos e sem a ajuda de Zac Power."

Anri olha para a turma e diz assustado:

- Eu já estive em duas ilhas parecidas com a que Zac Power está agora. Uma foi a Floresta do Silêncio, local onde nem o vento faz barulho, quando sopra e nem os pássaros podem cantar. Foi lá que fui picado por uma cobra venenosa, porque não pude ouvir o chocalho de alerta dela, por isso vim parar aqui. Eu quase morri, mas como nunca desisto fácil, eu resolvi unir o útil ao agradável e vim resgatar o elmo da invisibilidade também para reencontrar o meu avô.

Eles encontram o elmo e finalmente resgatam Bernardo e Pedro, mas o elmo não funciona e, quando Hades acorda e corre para pegá-los, todos fogem correndo pela plateia. Pedro olha para a neta Pillar e revela com medo:

- Precisamos impedir que o poderoso imperador chamado de Rei Dragão queime todos os livros, porque eles detêm todo o conhecimento do mundo. Temos que ir agora para a China Antiga!

O príncipe pede emprestado um tênis mágico de um misterioso homem que ele encontra no meio do caminho, do agente secreto disfarçado...O príncipe calça o tênis mágico e dá as mãos para os outros amigos e todos eles desaparecem enquanto rodam num círculo. Será que os amigos conseguirão impedir que o Rei Dragão destrua o maior tesouro da humanidade: os livros?

Eu soube, depois de um tempo, que eles conseguiram impedir que o Rei Dragão destruísse os livros e que a turma fez novos amigos, João e Aninha, e muitos outros também e conheceram muitos lugares através das leituras que fizeram. Foram para a biblioteca da casa da árvore mágica e de lá partiram para diversos locais do mundo. Foram viver aventuras até na Amazônia...

Através dos livros e da leitura podemos chegar até onde outras pessoas acreditam ser impossível. Hoje eu estou aqui com vocês porque eu li e leio muitos livros e acabei escrevendo histórias para vocês e outras crianças e adolescentes. Leiam e transformem o mundo!

 





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Quê?! ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Desmoralização do Brasil ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Pena, piedade, comiseração ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Um pequeno príncipe sonhador ( Crônicas e Poesias - Fabiana Barros )

:: Tanto lá como cá ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Quero ser alguém na vida ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Tecido Social ( Crônicas e Poesias - Fabiana Barros )

:: Para onde vão as flores mortas ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Frutas podres na feira ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Decadências ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Forte, fortaleza ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Vida é algo que ainda nem sei. ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Crisálida ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Borboletas e poesia ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: Bonecas de carne ( Crônicas e Poesias - Osvaldo Heinze )

:: A minha arte de lidar com o mundo ( Crônicas e Poesias - Fabiana Barros )

:: Eu, um privilegiado ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: O rótulo da garrafa de vinho ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Não me provoquem depressão ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )

:: Eu quero ser adotado, por favor, me adote... ( Crônicas e Poesias - Jorge Azevedo )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo