-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Turismo
 
Fabio Cardoso

[ Fabio Cardoso ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Formado em Comunicação Social e Ciencias Contábeis e amo escrever.

 

Cruz Luminosa encanta a Zona Oeste do Rio de Janeiro

Em meio à vegetação, uma grande cruz foi erguida, cercada de coqueiros e jardins que transformaram uma simples comunidade em cenário de paz. O monumento é a Cruz Luminosa que reflete raios azuis e desperta o interesse dos visitantes. A cruz foi presenteada, há 2 anos, por um casal que se encantou com o clima agradável da Estrada do Cantagalo.

O monumento é uma réplica da  Cruz  Luminosa de Dozulé, na França, e também é conhecida como Cruz Gloriosa, do Terceiro Milênio e do Amor. O tamanho da cruz é de 7 metros e 38 centímetros de altura, com braços de 1 metro e 23 centímetros. A medida representa um centésimo da altura do Calvário acima do nível do mar.

A cruz acende automaticamente ao por do sol,  clareando  todo o terreno e uma grande quantidade de casas ao redor. É justamente essa luminosidade que proporciona o espetáculo mais admirado: a lembrança do sofrimento do Cristo e a chama viva representada pela luz.  

A Cruz Luminosa do Cantagalo é um marco em Campo Grande, pois a cada dia aumenta o número de pessoas que visitam e retornam com mais amigos. O local já é parada obrigatória dos moradores da região e hoje é motivo de orgulho para todos.     

Graças ao esforço e a dedicação da jovem Solange Silva, zeladora da Cruz Luminosa e do adolescente Márcio Moura, de 15 anos,  o local passou a ser reconhecido como um ambiente contemplativo. “É muito comum à presença de famílias inteiras reunidas em volta da cruz nos finais de tarde. As crianças se encantam com a claridade enquanto seus pais são convidados a uma reflexão”, diz Márcio Moura.

Ao assumir a guarda da Cruz Luminosa, a estudante Solange Silva, anunciou a intenção de transformar o local em centro de referência no Rio de Janeiro. O objetivo está mais próximo com a criação de um novo espaço, mais amplo, que fica ao lado da cruz. Trata-se de uma extensão do terreno que contem um florido jardim e vários bancos para leitura. A novidade está na placa de fundação do monumento e várias mensagens de boas vindas para os visitantes.

Márcio espera aumentar, ainda mais, o número de crianças que visitam a Cruz Luminosa. “O nosso desejo é que no futuro seja erguido um centro assistencial para crianças, para que além de tranqüilidade possa ser também oferecida ajuda concreta para elas”, detalha Marcio.    

O caminho que leva a cruz passa pela Estrada do Monteiro e entra na Estrada do Cantagalo que é margeada de arvores e sítios. Logo nos primeiros metros, o clima vai ficando mais ameno e o que se vê é um clarão azul surgindo à frente. Até que em poucos minutos, chega-se à Cruz Luminosa do Cantagalo, considerada o espaço mais aconchegante do bairro.

A fama é mais do que justificável. O bairro Jardim Monteiro é tranqüilo e a Estrada do Cantagalo é usada para caminhadas por pessoas de várias idades. No trajeto até a cruz,  as pessoas cuidam da saúde  do corpo e da mente.

A estudante Sonia Maria diz que caminhar no bairro é um hábito seguro e que só fez bem para sua vida. “A gente entra na estrada de um jeito e sai totalmente melhor. E a cruz faz aumentar nossa esperança. Aqui é um solo abençoado que inspira a tranqüilidade que outros bairros do Rio de Janeiro já perderam”, exclama Sônia.

Após observar a importância da cruz para a comunidade e o crescente número de visitantes, os moradores resolveram abraçar a idéia e fazer daquele espaço sagrado, além de um local acolhedor por natureza, também um refúgio para os que moram na cidade . A partir daí,centenas de pessoas passaram a visita-la. A cada dia que passa a “Cruz Luminosa do Monteiro” brilha ainda mais.





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Aruba, um pedaço do Caribe ( Turismo - Jorge Azevedo )

:: Fé, natureza, cultura e diversão em Santa Catarina ( Turismo - Vera Tabach )

:: Avião sai de Natal para São Paulo, mas faz pouso forçado por causa de briga de casal ( Turismo - Wallace Moura )

:: O Rio Grande do Norte ganha revista de Turismo e Cultura ( Turismo - Wallace Moura )

:: Empresário potiguar leva Brasileiros aos Estados Unidos ( Turismo - Wallace Moura )

:: Tucupi no Tacacá - ou a cultura nas viagens ( Turismo - Elisabeth Camilo )

:: Conhecendo a reserva dos índios Cherokkes, na Carolina do Norte, Estados Unidos. ( Turismo - Wallace Moura )

:: As caras e as cores de São Paulo ( Turismo - Fabiana Barros )

:: A Graça tem mesmo graça ( Turismo - Mauro Moura )

:: 20ª FENADOCE ( Turismo - Magali Cunha )

:: Europa está no Sul do Brasil ( Turismo - Luisa Lessa )

:: Aveiro: a Veneza de Portugal? ( Turismo - Patrícia Cozer )

:: Pelotas 200 anos, do sal ao açúcar ( Turismo - Magali Cunha )

:: Praia do Cassino ( Turismo - Magali Cunha )

:: A saga dos souvenirs ( Turismo - Patrícia Cozer )

:: As 7 novas maravilhas do mundo ( Turismo - Patrícia Cozer )

:: A Casa da Morte de Petrópolis e a dívida perante a história dessa cidade ( Turismo - Diego Grossi )

:: A Brasília dos brasileiros ( Turismo - Patrícia Cozer )

:: Tornando Curitiba mais quente ( Turismo - Patrícia Cozer )

:: Belém do Pará e as praias de rios ( Turismo - Elisabeth Camilo )
 
 
LiveZilla Live Chat Software

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo