-- Animais & Cia
-- Atualidades
-- Cidades
-- Ciências e Tecnologia
-- Coluna Social
-- Crônicas e Poesias
-- Educacao
-- Empresarial
-- Entretenimento
-- Esportes
-- História e Literatura
-- Humor
-- Informática
-- Internacional
-- Jovens
-- Justiça & Direito
-- Meio Ambiente
-- Pais e Filhos
-- Política
-- Religião Cristã
-- Religião Outras
-- Sexo
-- Terceira Idade
-- Turismo
-- Vida e Saúde
-- X Diversos
.

 
 

Você está em Esportes
 
Anderson Lima

[ Anderson Lima ]   Veja o Perfil Completo deste Colunista
Aprender, ensinar, mudar e melhorar. Podemos tirar uma lição de tudo o que acontece com a gente, sejam coisas boas ou ruins. E é assim que levo minha vida, um aprendizado contante.

 

Juventude Vendida

Começou nesse final de semana (dias 05 e 06 de janeiro) a Copa São Paulo de Juniores, um torneio disputado por garotos de até 18 anos. O torneio, que esse ano contará com 88 equipes de todo o país, já revelou craques como Edu e Fernando Baiano, pelo Corinthians, Marcelinho Carioca e Djalminha, pelo Flamengo, Vagner Love pelo Palmeiras, Diego e Robinho, pelo Santos e Fred, pelo América de Minas Gerais. Isso só para citar alguns.

Essa Copinha é a chance que os garotos das categorias de base de times de todo Brasil têm para mostrar que podem ser a uma boa alternativa para uma grande equipe. Porém, o que me entrsitece é saber que muitos nem chegarão a disputar um campeonato brasileiro.

Mundialmente famoso pelo futebol vencedor, o Brasil exporta jogadores cada dia mais novos. Os poderosos e riquissimos europeus, agora, investem nos garotos, pois assim o custo é menor e o beneficio maior. Como os garotos não podem assinar contratos, os pais dos craques são contratados como funcionários das equipes e levam junto o filho. Simples assim. Como se não bastasse levar os destaques de cada campeonato profissional, agoram levam o futuro das nossas equipes.

Poucos puderam ver o futebol de Deco, hoje no Barcelona. Aqui no Brasil, jogou no Corinthians de Alagoas, de onde foi vendido para a Europa, aos 17 anos. Breno, ex-zagueiro do São Paulo, jogou a Copinha em janeiro de 2007, foi campeão brasielrio com o tricolor em dezembro, e inicia 2008 no Bayern de Munique, da Alemanha. Neymar, do Santos, mal completou 15 anos e já teve propostas do Valencia e do Real Madrid, dois gigantes da Espanha. Alexandre Pato, ex-atleta do Iinternacional de Porto Alegre, nunca jogou no Maracanã, nem no Morumbi, nem 20 partidas do campeonato brasileiro e já está no Milan, da Itália desde agosto de 2007. Como tinha apenas 17 anos, não pode participar de nenhuma partida e estreará pela equipe milanesa em 2008.

E o duro é ver que isso não acontece só no Brasil. Giovani dos Santos, considerado substituto de Ronaldinho Gaúcho no Barcelona, trocou ainda na adolecência o México pela Espanha. Lionel Messi, companheiro de Giovani e Ronaldinho, também jogou pouco na Argentina e só se tornou conhecido pelos "hermanos" quando  começou a jogar pela equipe espanhola. Recentemente o jovem escocês Gary Mackay Steven, de 17 anos, foi contratado pelo time inglês Liverpool.

A cada dia, mais jovens deixam as equipes nacionais, seduzidos pelos doláres e euros dos clubes europeus. O que pode ser feito? Sinceramente, só vejo uma saída: já que os garotos não podem assinar contrato, que os times possam assinar contratos com os pais desse meninos, ou algo do tipo, e colocarem uma multa rescisória absurdamente cara. O Santos faz algo parecido com Neymar. Já que não pode assinar contrato de trabalho, propôs um contrato de imagem, aceito pelo pai da promessa de craque, com uma multa de "somente" US$ 25 milhões. Pois é...

Se houver outra saíde, que a CBF tome logo uma atitude, ou os campeonatos nacionais, que já possuem muitos "veteranos" (Romário, Viola, Túlio "Maravilha", Sorato, Odvan, Júnior Baiano..) e outros atletas de pouca categoria (alguns são tão ruins que eu faria mais por menos...), irá perder mais e mais seu encanto. E quem sofre somos nós, sem time, sem seleção e com uma paixão esfacelada...

Observação: Solução para enriquecer - torça para que seu filho seja um craque... 





Você gostou deste artigo? Então compartilhe com seus amigos:

 
Facebook
Twitter: Google+

-------------------------------------------------------------------------------------------------------
s
s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O botão de comentário acima irá acionar o colunista para te postar uma resposta sobre o comentário. Ou, se preferir, comente usando seu perfil do Facebook:




:: Não inventem culpados, por favor ! ( Esportes - Ruy Matos )

:: Os palavrões dos treinadores de futebol do Brasil ( Esportes - Ruy Matos )

:: Sinal vermelho para o Bahia ( Esportes - Ruy Matos )

:: As bobagens do comentarista Neto ( Esportes - Ruy Matos )

:: Contratos milionários e mentirosos do cotidiano ( Esportes - Ruy Matos )

:: Hora de reagir ( Esportes - Ruy Matos )

:: Ganhamos a Copa do Mundo de corrupção ( Esportes - Ruy Matos )

:: De olho na Copa e sem um pé na cozinha ( Esportes - Lecy Pereira )

:: Caso Fluminense e o Risco de Desmotivação do Torcedor ( Esportes - Elisabeth Camilo )

:: Mudaram o nome de estádio baiano ( Esportes - Ruy Matos )

:: Coreia do Sul escolhe Foz do Iguaçu para treinar na Copa ( Esportes - Bruno Zanette )

:: Não sejamos tão ingênuos ( Esportes - Ruy Matos )

:: Futebol virou caso de segurança pública ( Esportes - Bruno Zanette )

:: O Bahia depende somente dele ( Esportes - Ruy Matos )

:: Nunca saiu da SÉRIE C ( Esportes - Ruy Matos )

:: Definidas as 32 seleções da Copa do Mundo 2014 ( Esportes - Bruno Zanette )

:: XII Jogos Indígenas ( Esportes - Wallace Moura )

:: Foco no talento, ou no corpo? ( Esportes - Layana Brasil )

:: Ronaldinho do Atlético ou Atlético do Ronaldinho? ( Esportes - Elisabeth Camilo )

:: Uma Copa por ano ( Esportes - Mauro Moura )
 
 

 


   



Site administrado pela

Biblioteca ||  Classificados
Sala de Bate Papo